Foto: Felipe Fraga/Divulgação

18

MAI
HORÁRIOS Sab das 19h à 1h

Noite dos Museus chega a sua quarta edição

O evento terá mais de 60 apresentações, levando música, teatro, dança, literatura e bate-papo para dentro de 14 museus de Porto Alegre no sábado (18/5)

Noite dos Museus 2019, em sua quarta e maior edição, acontece em 14 espaços culturais de Porto Alegre neste sábado (18/5), com mais de 60 apresentações gratuitas. Além de realizar as já tradicionais performances musicais dentro dos museus, o projeto também levará teatrodançaliteratura, performance e bate-papo para o interior das instituições, entre as 19h e a 1h, e ainda montará um palco na Praça da Alfândega e promoverá algumas intervenções culturais nas ruas do Centro Histórico.

O roteiro foi criado por um conselho artístico formado pela equipe da produtora Rompecabezas e dois consultores convidados: o gestor cultural paulistano Bruno Assami e o jornalista gaúcho Roger Lerina.

Assim como nas três primeiras edições, o evento terá pocket shows de grandes nomes do cenário musical gaúcho, como Duca LeindeckerFrank JorgeArthur de Faria e Gelpi, além de diversas atrações instrumentais. Neste ano, o projeto apresentará também propostas experimentais, geralmente pouco conhecidas do grande público, como a performance da artista Carina Levitan produzindo diferentes sonoridades a partir de objetos do cotidiano, no Centro Cultural CEEE Erico Verissimo.

A dança ganhará espaço no evento em três montagens: o espetáculo Tóin: Dança para Bebês, da Muovere Cia de Dança, voltado para o público da primeira infância e seus pais; a montagem Manchas Urbanas, que circulará pelas ruas do Centro; e uma performance da Geda Cia de Dança, criada especialmente para ser apresentada no Museu Júlio de Castilhos durante o evento. Com o espetáculo Uma Noite para Criar, um Dia para Dançar, o grupo mostrará movimentos coreográficos baseados nas cartas de amor trocadas entre o governador Júlio de Castilhos e sua esposa Honorina.

Já o teatro estará presente no projeto com participações dentro e fora dos museus e lançará a oportunidade do público e personalidades debaterem sobre temas importantes. No Museu da Santa Casa, haverá uma programação combinada, que inicia com um trecho da peça Lembranças no Lago Dourado, que fala sobre os as limitações da velhice, seguida de um bate-papo sobre a terceira idade com Nora Prado (diretora do espetáculo) e Zoravia Bettiol (artista plástica, mãe de Nora).

Enquanto isso, na rua, o cortejo do grupo Maracatu Truvãpassará pelo Museu de Arte Contemporânea, pelo Museu Hipólito da Costa e pela Praça da Alfândega. Durante a noite, o público também poderá conferir trechos do espetáculo Mulheragem, em duas sessões, enquanto no Planetário haverá uma atração circense especial para as crianças: a Companhia H, com o espetáculo Gran Fuleiro Circus.

A literatura entrará no Noite dos Museus representada pelo Especial Slam Peleia, uma edição do campeonato de poesia falada criada especialmente para o evento e apresentada no Margs.

– A programação foi pensada para incluir propostas artísticas pouco conhecidas, de nicho, que têm um público específico. Isso oportuniza que um grande público tenha acesso às propostas que geralmente estão em locais que eles não costumam frequentar. Um exemplo disso é o especial do Slam Peleia, que geralmente acontece na rua, mas que vai ocorrer dentro do Margs. A ideia de criar esse contraste, colocando atrações em locais onde geralmente não está o público dela, faz parte do nosso compromisso de formação de público – explica Rodrigo Nascimento, idealizador do Noite dos Museus.

A área musical, que sempre teve grande destaque dentro do projeto, também terá apresentações de Aluisio Rockembach, vencedor do Prêmio Açorianos de Melhor Álbum deste ano, do projeto Ortácio, Borghetti, Salazar & Poty, das cantoras Bibiana PetekDaya Moraes e Valéria, dos guitarristas Erick Endres e Solon Fishbone, da violinista e etnomusicóloga Clarissa Ferreira, do cantor Daniel Debiagi, do artista Le Batilli,os violões de Érico Moura e Oly Jr., das bandas CaloteSamba e Amor e AfroEntes, do artista pop Madblush, do projeto solo do cantor Sandro Saldanha, intitulado Saldana, e da voz e o piano de Dunia Elias.

Grandes destaques da música instrumental também estão confirmados na programação deste ano: o acordeom de Luciano Maia, o chorinho de Mathias 7 Cordas, o duo de violões de Andrea Perrone e Thaís Nascimento e a mistura de música afro-brasileira e jazz do Kiai Grupo. Além desses, participam também o Grupo Pituna, os conjuntos La Digna RabiaRafa 16 & Caco Velho Quinteto, os grupos Karmã, Mainô Canto e TamborGruvorama e Trabalhos Espaciais Manuais, a orquestra feminina de bateria e percussão As Batucas, Banda da Brigada Militar e o concerto musical Uma Noite Balaio de Cordas, de Felipe Azevedo & Angelo Primon.

Praça da Alfândega também terá uma programação especial nesta edição e receberá pocket shows, opções de gastronomia e uma lojinha com produtos personalizados do Noite dos Museus, como camisetas, ecobags, botons e uma cerveja autoral. No local, o público também encontrará um Varal Fotográfico, com diversas fotos penduradas de quem compartilhar nas redes sociais suas experiências no dia do evento com a hashtag #varaldonoite.

A programação cultural completa está disponível no site

Sab das 19h à 1h

Diversos locais

Entrada franca

Mais Informações