Foto: Ana Mendes/Divulgação

24

ABR

30

JUN
HORÁRIOS Seg a dom das 5h às 23h20min

Exposição sobre realidade indígena inaugura a Galeria Xico Stockinger da Trensurb

Batizada em homenagem ao centenário do artista plástico, a galeria será aberta nesta quarta-feira (24/4) com a mostra “Mantenho o que Disse”, da fotógrafa Ana Mendes

VER GALERIA

Nesta quarta (24/4), às 14h30min, a Trensurb e o Sesc Centro de Porto Alegre inauguram um novo espaço cultural na Estação Rodoviária do metrô: a Galeria Xico Stockinger, batizada em homenagem ao centenário do artista plástico austríaco radicado no Brasil. Localizada no túnel de acesso à plataforma da estação, a galeria contará com um painel de 7 metros de comprimento e 1,5 metro de altura que receberá exposições artísticas. A mostra inaugural do espaço é Mantenho o que Disse, da fotógrafa Ana Mendes.

A cerimônia de inauguração contará com a presença da filha do artista, Jussara Stockinger, além do diretor-presidente da Trensurb, David Borille, o gerente de Cultura do Sesc-RS, Silvio Alves Bento, e a gerente da unidade Sesc Centro, Regina Tatsch.

Mantenho o que Disse é uma exposição fotográfica de Ana Mendes a respeito da realidade do povo Guarani e Kaiowá, segunda maior população indígena do Brasil e a primeira no ranking de mortes. Mesmo na luta por sobrevivência, os indígenas resistem com fé e alegria, pois sonham com a conquista da terra sagrada, a terra-sem-mal, onde poderão livremente viver ao seu modo.

O título da mostra é uma referência ao discurso que incentiva e legitima a violência contra os povos indígenas no Brasil. A exposição, que também é alusiva ao Dia do Índio – celebrado em 19 de abril –, permanece na galeria até 30 de junho.

Seg a dom das 5h às 23h20min

Galeria Xico Stockinger – Estação Mercado da Trensurb

R$ 4,20 (tarifa unitária do metrô)