Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade está com inscrições abertas

Estão abertas até o dia 17 de maio as inscrições para a 32ª edição do prêmio, promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan)

Estão abertas até o dia 17 de maio as inscrições para o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Pode participar quem tenha realizado ou estiver realizando ações voltadas para a preservação do patrimônio cultural brasileiro em qualquer Estado do país. O resultado da 32ª edição do prêmio será publicado até 20 de agosto no site do Iphan.
 
A cerimônia de premiação será realizada no dia 25 de outubro, no Theatro São Pedro, em Porto Alegre. Estão aptas a participar do Prêmio entidades governamentais federais, estaduais e municipais (empresas públicas, autarquias, sociedades de economia mista e fundações públicas); empresas e fundações privadas, instituições sem fins lucrativos da sociedade civil organizada; e pessoas físicas.
 
Cada Estado pode apresentar oito propostas à Comissão Nacional de Avaliação, coordenada pela presidente do Iphan, Kátia Bogéa. No Rio Grande do Sul, os participantes devem enviar os trabalhos à Superintendência do Iphan-RS (Avenida Independência, 867).
 
O valor total da premiação – R$ 240 mil – contempla ações que resultem na preservação do patrimônio material e imaterial. Serão oito premiados e cada um receberá o valor de R$ 30 mil.
 
– É uma premiação consagrada, que espelha as várias manifestações culturais brasileiras – ressalta Renata Horowitz, diretora do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado (Iphae).
 
A entrega da premiação na capital gaúcha coloca luz no Sul do Brasil. O Iphae faz parte da comissão julgadora dos trabalhos no RS.
 
O edital e todos os detalhes do Prêmio estão disponíveis no portal do Iphan. Dúvidas podem ser enviadas pelo e-mail premio.prmfa@iphan.gov.br.
 
Rodrigo Melo Franco de Andrade foi fundador do Iphan e diretor da instituição por 30 anos. Era advogado, jornalista e escritor mineiro.