Matinal assinantes

Rommulo Vieira Conceição, fotografia. Foto: Divulgação

O Museu do Trabalho divulga seus consórcios de gravuras e fotografias de 2019

A arte ao alcance de todos em um catálogo que inclui obras de incríveis artistas e fotógrafos a preços muito acessíveis

VER GALERIA

O Museu do Trabalho promove a arte gaúcha e brasileira ao oferecer, por preços muito acessíveis, gravuras e fotografias em seus tradicionais consórcios. Os associados contribuem com uma mensalidade, com planos no valor a partir de R$ 100 e recebem a cada mês uma gravura e/ou fotografia de importantes artistas do cenário nacional das artes.

Em 2019, quando chega a sua 25ª edição, o Consórcio de Gravuras do Museu do Trabalho conta com a participação dos artistas gaúchos Hélio Fervenza, André Severo, Marilice Corona, Jander Rama, Claudia Hamerski, David Seccon e Vivi Pasqual e dos paulistas Gilberto Tomé e Thais Ueda

Já no Consórcio de Fotografias, que este ano realiza a sua sétima edição, com curadoria da artista Elaine Tedesco, a lista de participantes tem os gaúchos Alfredo Nicolaiewsky, Dirnei Prates, Vilma Sonaglio, Rochele Zandavalli, Tuane Eggers, Andréa Brächer Marco Antônio Filho, os paraenses Flavya Mutran e Mariano Klautau e o alemão Klaus Eisenlohr.

Inscrições no site do Museu ou pelo telefone (51) 3227-5196, de terças a sábados das 13h30min às 18h30min.

 

Consórcio de Fotografias 2019

Plano A: a partir de março, o sócio retira a sua fotografia e paga a mensalidade na secretaria do Museu do Trabalho. Valor da mensalidade: R$ 100

Plano B (apenas para Porto Alegre): O sócio determina o local e horário para receber a sua fotografia e faz o pagamento neste momento da entrega. Valor da mensalidade :R$ 110 e R$ 120 (outros bairros)

Plano C: Sócios residentes no interior do Rio Grande do Sul recebem as fotografias via SEDEX. As obras são entregues em três lotes, sendo três fotografias em maio (valor R$ 340,00); três fotografias em agosto (mesmo valor de maio) e quatro fotografias em dezembro (valor: R$ 445)

Plano D: Sócios residentes em outros Estados recebem as fotografias via SEDEX. As obras são entregues em três lotes, sendo três fotografias em maio (valor R$ 400,00); três fotografias em agosto (mesmo valor de maio) e quatro fotografias em dezembro (valor: R$ 520)

 

Consórcio de Gravuras 2019 

Plano A: O sócio retira a sua gravura e paga a mensalidade na secretaria do Museu do Trabalho. Valor da mensalidade: R$ 110

Plano B (apenas para Porto Alegre): O sócio determina o local e horário para receber a sua gravura e faz o pagamento no momento da entrega. Valor da mensalidade: R$ 120 (Centro Histórico) e R$ 130 (outros bairros)

Plano C: Sócios residentes no interior do Rio Grande do Sul recebem as gravuras via SEDEX. As obras são entregues em três lotes, sendo três gravuras em maio (valor R$ 370); três gravuras  em agosto (mesmo valor de maio) e quatro gravuras em dezembro (valor: R$ 480)

Plano D: Sócios residentes em outros Estados recebem as gravuras via SEDEX. As obras são entregues em três lotes, sendo três gravuras em maio (valor R$ 430); três gravuras  em agosto (mesmo valor de maio) e quatro gravuras em dezembro (valor: R$ 560).