Matinal assinantes

Sphaera Mundi. Foto: Fabio-Alt/Divulgação

14

JAN

25

JAN
HORÁRIOS Diversos horários

Pelotas recebe o 9º Festival Internacional Sesc de Música

O evento é um dos maiores eventos de música de concerto da América Latina, reunindo 60 espetáculos gratuitos entre os dias 14 e 25 de janeiro

VER GALERIA

Na segunda (14/1), retorna a Pelotas um dos maiores eventos de música de concerto da América Latina, o 9º Festival Internacional Sesc de Música. Os 12 dias de intensa programação reúnem 60 espetáculos gratuitos, além da parte pedagógica, com 24 cursos ministrados por professores oriundos de 14 nacionalidades.

Ao todo serão 380 alunos de Estados e países diferentes e cerca de 500 profissionais da música, entre professores, alunos, músicos e técnicos envolvidos. Nesta edição, alguns dos concertos serão transmitidos ao vivo pelo site, possibilitando maior acessibilidade ao público.

Na atração de abertura, o palco do Theatro Guarany recebe a Sphaera Mundi Orquestra (BRA/RS). É uma formação inspirada na harmonia universal e procura promover o despertar da beleza que existe em cada um em conexão com a beleza e a harmonia do universo.

A apresentação – que será realizada no dia 14 de janeiro, às 20h30min – conta com a participação da solista argentina Lucia Luque no violino. No mesmo dia, às 18h, também acontece o tradicional Cortejo Musical, com saída em frente ao Mercado Público, seguindo pelo calçadão das ruas Andrade Neves, Sete de Setembro e XV de Novembro.

A nona edição caracteriza-se pela forte inserção dos Festivais na Comunidade, com mais de 20 apresentações levando a música aos mais variados espaços da cidade, como hospitais, asilos, igrejas, praia e até zona rural. Nesse sentido de conexão, em 2019 o slogan do evento "O lado doce da música" também quer valorizar a comunidade anfitriã.

– É uma homenagem ao reconhecimento da tradição doceira como Patrimônio Imaterial do Brasil, título concedido pelo IPHAN a Pelotas, e desse modo criando esse link entre o doce e a música, sendo o festival um importante momento para fortalecer nacionalmente e internacionalmente os aspectos culturais e turísticos de Pelotas – explica Silvio Bento, gerente de Cultura do Sesc/RS.

Outra novidade deste ano é a implementação do choro na grade de cursos, dando mais espaço para o aprendizado de violão, acordeom, bandolim e cavaquinho, além dos sopros e a percussão. No ano anterior, o choro estava inserido na modalidade de oficina com menor duração. Mas, devido ao alto interesse dos alunos, a oficina foi transformada em curso e terá duração integral, conforme os outros cursos do festival.

Também são realizados os cursos de violino, viola, violoncelo, contrabaixo, flauta, oboé, clarinete, fagote, trompa, trompete, trombone tenor, trombone baixo, tuba, eufônio, saxofone, harpa, percussão, violão clássico, piano, composição e canto lírico. Completam a programação do evento os ensaios e recitais de Música de Concerto, Música de Câmara, Prática de Orquestra e Prática de Banda Sinfônica.

A retirada de ingressos antecipados é necessária apenas para os espetáculos que ocorrerão no Theatro Guarany. A organização sugere a doação de 1kg de alimento não perecível – alimentos que serão direcionados a entidades sociais cadastradas no Programa Mesa Brasil Sesc.

A programação completa do evento pode ser conferida no site.

Diversos horários

Diversos locais

Entrada franca

Mais Informações