Distruktur + Cineclube Academia das Musas na Sala da Redenção

Nesta segunda-feira (17/10) , às 19h, a Sala Redenção e o Cineclube Academia das Musas recebem Melissa Dullius e Gustavo Jahn para exibição de Fotokino (2012) e Muito Romântico (2016)

Celebrando a presença da dupla Distruktur em Porto Alegre, a Sala Redenção e o Cineclube Academia das Musas recebem nesta segunda (17/10), às 19h, Melissa Dullius e Gustavo Jahn para a exibição de dois de seus filmes Fotokino (2012) e Muito Romântico (2016). A sessão gratuira será seguida de debate com os realizadores.

Melissa Dullius & Gustavo Jahn começaram a fazer filmes em Porto Alegre no ano 2000, primeiro em Super 8 e depois em 16mm. Depois de mudarem-se para Berlim em 2006, juntaram-se ao grupo fundador do coletivo LaborBerlin e passaram a incorporar práticas experimentais de filmagem e revelação analógicas ao seu processo criativo.

Movendo-se nas fronteiras entre arte e cinema, experimental e narrativo, fotografia e imagem em movimento, exploram diferentes níveis da experiência sensorial e intelectual. A dupla desestabiliza as noções do real e do imaginário ao mesmo tempo em que fundem as camadas de passado, presente e futuro.

Deslocamento e transposição acontecem aqui como estratégias para produzir transformações, e as narrativas instáveis a que dão vazão sugerem que há muitas outras maneiras de comunicação além das normalmente conhecidas. Seus trabalhos tomam forma como filmes, instalações, filmesperformance, fotografias, textos e materiais gráficos.

Fotokino (2012) é uma transposição de fotografias, feitas pela dupla de diretores, durante um período de 10 anos, para película 16mm. A câmera torna-se um instrumento para transferir imagens da realidade ao filme. Quando alguma coisa passa de um meio a outro, tudo o que resta é ritmo.

Muito Romântico (2016), é o primeiro longa-metragem da dupla, lançado no Brasil em 2017, pela Vitrine Filmes. A aventura de Melissa e Gustavo começa a bordo de um navio cargueiro vermelho cruzando o Oceano Atlântico. Leva-os a Berlim, uma cidade de constante movimento, onde o velho tem que dar espaço ao novo.

O casal encontra um lar e o transforma no centro de seu próprio universo. À medida que o tempo passa e as estações mudam, a vida e o cinema se tornam um e seu quarto se torna um palco em constante mudança, onde os amigos são convidados a desempenhar seus próprios papéis. Nesse estado de transição, Melissa e Gustavo perdem de vista seu caminho e seu mundo começa a tremer.

Até que um dia um portal cósmico aparece em sua casa abrindo conexões entre o passado, o presente e o futuro, confrontando os dois viajantes com descobertas extraordinárias. Muito Romântico é um fluxo que transporta corações e mentes. Um rearranjo lúdico de experiências, memórias e fantasias em uma jornada que transcende o espaço e o tempo.

O filme estreou na 66ª Berlinale – Festival de Berlim em fevereiro de 2016 e desde então foi exibido festivais como 9ª Janela do Recife, 8ª Semana dos Realizadores e 40ª Mostra Internacional de São Paulo, além de festivais e mostras na Itália, França, Polônia, Rússia, Austrália, Lituânia, Egito, Estados Unidos, Peru, Letônia, Suíça, Uruguai e Áustria. Esteve em cartaz por oito semanas no Wolf Kino em Berlim. Entre maio e agosto de 2017, foi lançado nos cinemas brasileiros dentro do programa Vitrine Petrobrás ,tendo sido exibido em salas de cinema de mais de 20 cidades brasileiras.

 

Seg 19h

Sala Redenção (Avenida Paulo Gama, 110)

Entrada franca