Matinal assinantes

Foto: Vener Aliardi/Divulgação

22

NOV

29

NOV
HORÁRIOS Qui 20h

“MRITAK – Como Vivem os Mortos?” no Estúdio Stravaganza

Encerrando as comemorações de 30 anos da Cia. Stravaganza, o espetáculo acontece nos dias 22 e 29 de novembro, às 20h

Encerrando as comemorações de 30 anos da Cia. Stravaganza, estreia nesta quinta (22/11), às 20h, o espetáculo MRITAK – Como Vivem os Mortos?, com texto de Luiz Henrique Palese. O espetáculo também será apresentado no dia 29 de novembro e faz parte do projeto Teatro de Quinta do Estúdio Stravaganza. Os ingressos podem ser adquiridos no local.

MRITAK conta a história real de Lal Bihari, um sujeito que ficou legalmente morto por 19 anos, sem perder o bom humor. Como Vivem os Mortos? é uma comédia inspirada numa notícia real veiculada pela internet (uol – New York Times).

Lal Bihari, um indiano, que ao descobrir-se morto nos registros oficiais, tenta por 19 anos provar que está vivo, por meio dos métodos mais extravagantes. Tenta ser preso, concorre a eleições, processa as pessoas e, ao descobrir outros “mortos” como ele, funda a Associação das Pessoas Mortas. Uma reflexão bem-humorada sobre o sentido que damos a vida.

O espetáculo foi escrito e encenado por Luiz Henrique Palese em 2001. Estreou apenas com o título de Como Nascem os Mortos?, no Teatro del Círculo, em Montevidéu, como um monólogo.

Em 2002, estreou em Porto Alegre, circulou pelo Rio Grande do Sul e apresentou-se em São Paulo, São Luiz e Fortaleza. Em 2011, já com Palese falecido, a Cia. Stravaganza volta a encenar o texto com um novo título, MRITAK (que significa “morto” em hindu), desta vez como espetáculo de rua – que, além de apresentar-se em Porto Alegre, circulou por diversas cidades do Estado.

Em 2018, volta-se a criar uma nova encenação como uma homenagem a Palese e com três atores no elenco: Adriane Mottola (também responsável pela direção), Duda Cardoso e Rodrigo Mello (com Janaína Pelizzon como stand by).

MRITAK tem direção de Adriane Mottola, cenografia de Luiz Henrique Palese, figurino de Duda Cardoso, máscara de Luiz Henrique Palese e José Ramalho, bonecos de Paulo Balardim, sonoplastia de Felipe Zancanaro, iluminação de Ricardo Vivian e realização da Cia. Stravaganza.

Qui 20h

Estúdio Stravaganza (Rua Dr. Olinto de Oliveira, 64)

R$ 40 (50% desconto para estudantes, pessoas com deficiência, classe artística e +60)