MODERN (2014), frame do vídeo de Luiz Roque. Foto: Divulgação

20

OUT

06

JAN
HORÁRIOS Sab e dom das 14h às 19h

"Subversão da Forma" na Fundação Iberê Camargo

Neste sábado (20/10), às 15h, será realizada uma visita mediada à exposição, com a presença do curador Bernardo José de Souza e dos artistas Erika Verzutti e Luiz Roque

VER GALERIA

De 20 de outubro de 2018 a 6 de janeiro de 2019, a Fundação Iberê Camargo apresenta a exposição Subversão da Forma. Com curadoria de Bernardo José de Souza, a coletiva reúne cerca de 20 obras dos artistas Daniel Steegmann Mangrané, Erika Verzutti, Iberê Camargo e Luiz Roque, que tratam das relações travadas entre a humanidade e o mundo, inaugurando um processo de subversão da própria natureza de nossa existência.

Neste sábado (20/10), às 15h, será realizada uma visita mediada à exposição, com a presença do curador e dos artistas Erika Verzutti e Luiz Roque. A entrada é franca, sem inscrição prévia.

Subversão da Forma busca relacionar um conjunto de obras, mas sobretudo de artistas que exploram um repertório comum mesmo com vocabulários diferentes, que faz rever o mundo sob novas perspectivas, subvertendo nossas indagações metafísicas. Dessa forma, as obras presentes na exposição – esculturas, instalações, pinturas, serigrafias, aquarelas e vídeos – são dotadas de uma presença escultórica e uma carga altamente performática.

– Essa mostra nasce justamente do desejo de repensar as formas reconhecíveis que nos rodeiam, de instar o público a encontrar estranhamento naquilo que lhe (nos) é familiar, bem como identificar semelhança naquilo que parece estranho – explica o curador.

Confira o texto curatorial completo neste link.

Sab e dom das 14h às 19h

Fundação Iberê Camargo (Avenida Padre Cacique, 2000)

Entrada franca