Matinal assinantes

Seminário Ponto de Fuga

Eneida Serrano e Clóvis Dariano participam de evento neste sábado (23/6), às 16h, na Fundação Iberê Camargo

Como parte dos programas públicos da exposição Moderna para Sempre  Fotografia Modernista Brasileira na Coleção Itaú Cultural, o Seminário Ponto de Fuga reúne nomes que investigam a fotografia a partir de suas muitas naturezas, explorando os aspectos artísticos, tecnológicos, históricos e contemporâneos deste meio. Neste sábado (23/6), às 16h, a Fundação Iberê Camargo recebe os artistas Eneida Serrano e Clóvis Dariano.

Eneida Serrano abordará seu processo criativo e sua descoberta da linguagem fotográfica como meio de autoconhecimento. Para a artista, o exercício cotidiano de ver e transformar qualquer informação em imagem fotográfica é o que lhe move na construção de sua identidade. Eneida irá compartilhando com o público o desenvolvimento de sua carreira até a sua produção atual independente. Formada em Jornalismo, fotografou para revistas nacionais e apresentou exposições individuais e coletivas: Mar e Tempo e Interiores são alguns dos trabalhos significativos na sua formação.

Clóvis Dariano também apresentará ao público destaques de sua trajetória: nascido em Porto Alegre, teve sua formação nos anos setenta, momento em que, junto com jovens artistas visuais, faziam suas descobertas da fotografia, do filme super 8, da performance, etc. Com esse mesmo círculo de amigos, tornaram-se nacionalmente reconhecidos como grupo Nervo Óptico. Desde então, Dariano tem se dedicado à fotografia utilizando múltiplas técnicas e suportes.

O evento é gratuito, com inscrições aqui.

Sábado 16h

Fundação Iberê Camargo (Avenida Padre Cacique, 2000)

Entrada franca