Sexta temporada da Mostra de Música Tum Tum Instrumental vai levar atrações brasileiras e internacionais a Caxias do Sul

Serão 13 shows de música instrumental a partir de julho, com destaque para o Hamilton de Holanda Trio e o pianista André Mehmari com a Orquestra Municipal de Sopros de Caxias

VER GALERIA

Diversidade de ritmos e artistas atestam uma trajetória conquistada desde 2013 da Mostra de Música Tum Tum Instrumental, que volta aos palcos em sua sexta temporada, de julho de 2018 a fevereiro de 2019, em Caxias do Sul. Valorizando a produção musical latino-americana e apostando na integração das atrações selecionadas, transitando do tradicional à vanguarda no ambiente da contemporaneidade, a programação está de fôlego renovado.

Para essa nova temporada, o line up prevê sete dias de espetáculos, com duas atrações cada, uma regional e outra nacional ou internacional – e, nos meses de outubro e novembro, duas noites bem especiais, com destaque também para a música instrumental brasileira contemporânea. De julho a novembro, os espetáculos serão realizados no Teatro Pedro Parenti; em dezembro haverá um intervalo, com retorno da progração em janeiro e fevereiro, ao ar livre – tendo como palco a área externa do Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho, onde haverá também uma feira sustentável de produtos da economia criativa da Serra e práticas de iôga.

O mote da Tum Tum Instrumental nessa sexta temporada é valorizar a prata da casa gaúcha e promover intercâmbio com artistas caxienses, brasileiros e internacionais. Ao todo são 13 atrações provenientes do Interior e da Capital, além de atrações de São Paulo, Brasília e Bahia, além do Uruguai e da Argentina.

A programação terá entrada franca neste ano, diferente dos últimos três anos, e o público será convidado a  doar um quilo de alimento não perecível que, posteriormente, será encaminhado a instituições sociais.

Uma novidade é que parte das atrações desta edição foi selecionada por edital em chamada pública: foram inscritos 180 músicos/grupos de música instrumental do Brasil, da América Latina e da Europa. Destes, sete foram selecionados pela curadoria que levou em conta, além da qualidade musical, critérios como criatividade, representatividade no cenário instrumental e histórico profissional.

 

SOBRE A PROGRAMAÇÃO, MÊS A MÊS:

JULHO – Abrindo a temporada 2018, sobem ao palco do Teatro Pedro Parenti, no dia 8 de julho, às 19h, duas atrações percussivas: o músico Sandro Cartier, de Santa Maria, RS, que trabalha com uma sofisticada paleta de instrumentos percussivos. E, também, Sergio Boré & Tambores Urbanos, da Bahia, cuja música aproxima a suave mágica do steel drum tocado a dedos nus aos driving beats que impõe a seus tambores.

AGOSTO – Para agosto, também às 19h, a pedida é o Tango Duo de Porto Alegre, RS com o consagrado bandoneonista Carlittos Magallanes e o violonista Maurício Marques, que unem técnica e virtuose a clássicos de Gardel e Piazzola. E, vindos do Uruguai, El Club de Tobi, quarteto de cordas, apresenta repertório popular latino que inova na execução de violino, viola e violoncelo.

SETEMBRO – A dobradinha do mês de setembro é o Kiai Grupo e Paola Kirst, ambos de Pelotas RS. O primeiro é um trio que explora e pesquisa ritmos chegando ao que denominam de perifa jazz, que é uma fusão de música afro-brasileira ao jazz. Já a cantora e percussionista Paola Kirst faz de sua voz e corpo um instrumento de exploração de múltiplos timbres e contextos sonoros.

OUTUBRO – Em outubro, Caxias receberá o ganhador do Grammy Latino: Hamilton de Holanda Trio. Capitaneado pelo bandolinista Hamilton de Holanda, virtuose mundialmente aplaudido com seu bandolim de 10 cordas, o grupo abraça a tradição de Jacob do Bandolim e inova na criação de climas jazzísticos à tradicional música popular brasileira.

NOVEMBRO – Em novembro, a Mostra recebe o pianista André Mehmari, considerado pela crítica como um artista singular, de imaginação vibrante e generosa, tendo grande atuação no Brasil e na América Latina, no palco com a “prata da casa” da vez, a Orquestra Municipal de Sopros de Caxias do Sul, regida pelo maestro Fernando Berti Rodrigues. O concerto terá dois momentos. No primeiro, obras escritas por André Mehmari para Banda Sinfônica serão executadas pela OMS. Depois, Mehmari será solista frente à OMS executando peças contemporâneas do repertório nacional.

JANEIRO 2019 – Em janeiro a Tum Tum Instrumental recebe o Uiliam Michelon Quarteto, capitaneado pelo acordeonista vacariense, cujo trabalho funde chamamé e jazz, tango e clássico, mais o ATR Aeromoças e Tenistas Russas (SP), trio de música instrumental que mescla dançantes vertentes do rock e da música eletrônica como house music e synthwave.

FEVEREIRO 2019 – Fechando a sexta edição da Tum Tum Instrumental, em fevereiro, a Nacion Ekeko, da Argentina, e a Klesmeron Orkestra Finoli, do Uruguai. O primeiro aproxima sons andinos e africanos ao house e ao dub, incluindo outras sonoridades possibilitadas pela tecnologia. Já a Klesmeron funde a música klezmer, da não liturgia judaica, a ritmos folclóricos do leste europeu e latinos.

 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

8 de julho de 2018, 19h, Teatro Municipal Pedro Parenti

Sandro Cartier (RS) e Tambores Urbanos (BA)

Entrada franca – Um quilo de alimento não perecível

Ingressos podem ser retirados no primeiro andar  da Casa da Cultura ou no dia duas horas antes do espetáculo.

 

5 de agosto de 2018, 19h, Teatro Municipal Pedro Parenti

Tango Duo  Maurício Marques & Carlitos Magallanes (RS) e El Club de Tobi (Uruguai)

Entrada franca – Um quilo de alimento não perecível

Ingressos podem ser retirados no primeiro andar  da Casa da Cultura ou no dia duas horas antes do espetáculo.

 

2 de setembro de 2018, 20h, Teatro Municipal Pedro Parenti

Kiai Grupo  e Paola Kirst (RS)

Entrada franca – Um quilo de alimento não perecível

Ingressos podem ser retirados no primeiro andar  da Casa da Cultura ou no dia duas horas antes do espetáculo.

 

14 de outubro de 2018, 20h, Teatro Municipal Pedro Parenti

Hamilton de Holanda Trio (DF)

Entrada franca – Um quilo de alimento não perecível

Ingressos podem ser retirados no primeiro andar  da Casa da Cultura ou no dia duas horas antes do espetáculo.

 

18 de novembro de 2018, 20h, Teatro Municipal Pedro Parenti

Orquestra Municipal de Sopros de Caxias do Sul convida André Mehmari (Caxias do Sul e SP)

Entrada franca – Um quilo de alimento não perecível

Ingressos podem ser retirados no primeiro andar  da Casa da Cultura ou no dia duas horas antes do espetáculo.

 

27 de janeiro de 2019, 16h, Centro Municipal de Cultura Henrique Ordovás Filho

Uiliam Michelon Quarteto (RS) e ATR Aeromoças e Tenistas Russas (SP)

Prática de yôga e Feira Sustentável

Entrada franca – Um quilo de alimento não perecível

 

24 de fevereiro de 2019, 16h, Centro Municipal de Cultura Henrique Ordovás  Filho

Nacion Ekeko (Argentina) e Klesmeron Orkestra Finoli (Uruguai)

Prática de yôga e Feira Sustentável

Entrada franca – Um quilo de alimento não perecível