Matinal assinantes

Projeto gaúcho é selecionado pelo Edital de Cultura 2018 da Oi e Oi Futuro

5˚ Festival Kino Beat – festival de música exploratória, performances audiovisuais multimídia e artes integradas – foi o projeto escolhido no Rio Grande do Sul

VER GALERIA

A Oi e o Oi Futuro anunciaram os projetos selecionados pelo Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados 2018, que inclui iniciativas de todas as regiões do Brasil, para a programação do Centro Cultural Oi Futuro e a ocupação do LabSonica, espaço de experimentações artísticas do Lab Oi Futuro.

O 5˚ Festival Kino Beat – festival de música exploratória, performances audiovisuais multimídia e artes integradas – foi o projeto escolhido no Rio Grande do Sul. A lista completa está neste site.

Uma das novidades dessa edição é a seleção de projetos a serem realizados no LabSonica, laboratório de experimentações sonoras que o Oi Futuro acaba de inaugurar no espaço do Lab Oi Futuro, na Rua Dois de Dezembro, 107, no Flamengo, no Rio de Janeiro. Os projetos Tempo_Festival_Módulo Studio Cabaret Voltaire, Festival Ultrasonidos, Joia ao Vivo, Podcast Caixa Preta e Macro vão ser realizados tanto no novo espaço quanto no centro cultural. Também foram selecionados dois projetos que incentivam o uso da realidade expandida e a realidade virtual: o Convocatória XR e o Oi 360.

– O LabSonica funcionará como uma plataforma onde o público poderá acompanhar o processo de fazer cultural, ampliando a programação do Centro Cultural para além de seu espaço físico. Na edição deste ano, seguimos com a meta de estimular a diversidade e a inovação, reforçando o papel do Oi Futuro como catalisador criativo, aproximando pessoas através da criação contemporânea, estimulando a produção colaborativa e promovendo o acesso às artes na era digital – explica Roberto Guimarães, gerente-executivo de Cultura do Oi Futuro. 

No novo formato de edital que o Oi Futuro propôs a partir de 2017, mais afinado com as formas de criação contemporâneas, foram eliminadas as categorias e áreas artísticas – como música, teatro e artes visuais –, valorizando a convergência de linguagens. Dentro desse espírito, o edital selecionou manifestações como o Amazônia Mapping e o SSA Mapping, que reelaboram a percepção da cidade por meio da arte, e o Soy Loco por Ti Juquery, ocupação do antigo hospital psiquiátrico do Juquery, em São Paulo.

Na programação do centro cultural, está prevista a primeira montagem teatral baseada na obra do quadrinista André Dahmer, em Sua Vida Passando Rapidamente, ao lado de mostras que trazem alguns dos mais instigantes nomes da arte contemporânea brasileira, como Katie van Scherpenberg, Chico Cunha, Iran do Espírito Santo e Luiz Zerbini.

 

PROGRAMAÇÃO NACIONAL:

5˚ FESTIVAL KINO BEAT – IMAGEM E SOM EM MOVIMENTO (RS)

Festival de música exploratória, performances audiovisuais multimídia e artes integradas. O experimental, o sensorial e a imersão são premissas para composição do seu programa, que se espalha pela cidade, ocupando teatros, galerias, museus e casas noturnas. Diluindo fronteiras entre linguagens e gêneros, as atrações são apresentadas em diversos formatos, transitando entre shows musicais, performances audiovisuais, instalações, happenings, exposições, workshops e mostras de filmes. Para a sua quinta edição, o festival vai fazer um apanhado de todos os formatos de programação já apresentados em edições passadas e reuni-los em um único programa.