Maurício Ianês fala na Bronze Residência

O artista visual participa de uma conversa sobre seu trabalho neste sábado (12/5), às 20h. A entrada é gratuita

Acontece neste sábado (12/5), às 20h, uma conversa aberta com o artista Maurício Ianês, na Bronze Residência. A atividade faz parte do ciclo de conversas do Programa Público de Performance Península (PPPP), que busca acolher, promover e difundir as práticas performativas contemporâneas por meio de residências artísticas, oficinas e de um grupo de pesquisa permanente. Após a conversa rola uma live com o coletivo CERNE.

O bar da Bronze estará funcionando no dia do evento.

Maurício Ianês é formado pela Faculdade de Artes Plásticas da Fundação Armando Álvares Penteado, em São Paulo, onde vive e trabalha Sua obra questiona as linguagens verbal e artística, suas possibilidades expressivas e limites, suas funções políticas e sociais, muitas vezes propondo a participação do público em suas ações para criar situações de troca onde a linguagem e os seus desdobramentos sociais entram em jogo. Ianês busca referências e influências em filosofia, poesia, crítica social, literatura e música.

Ações e performances que buscam questionar a relação entre espectador e artista, tirando o espectador do papel de observador passivo e transformando-o em parte importante da criação da obra, são parte importante do trabalho de Ianês. Já participou de importantes exposições nacionais e internacionais, como as 28ª e a 29ª Bienais Internacionais de São Paulo Des Choses en Moins, Des Choses en Plus, no Palais de Tokyo, em Paris, na França.

Ianês está em residência aos finais de semana entre abril e maio na Bronze e também realiza a ação Avesso na Fundação Iberê Camargo, com a artista Andressa Cantergiani.

Sábado, 20h

Bronze Residência (Rua Duque de Caxias, 444)

Entrada Franca