Matinal assinantes

Carol Duarte, "A Vida Invisível". Foto: Coringa Comunica/Divulgação

"A Vida Invisível" e "Democracia em Vertigem" brilham nos prêmios Platino Xcaret

A entrega dos prêmios foi feita de forma virtual como demonstração do compromisso com o audiovisual ibero-americano diante da crise sanitária mundial

VER GALERIA

A produção espanhola Dor e Glória, de Pedro Almodóvar, foi a grande vencedora da VII edição dos Prêmios Platino Xcaret do Cinema Ibero-americano. Conquistou seis prêmios no total: Melhor Filme, Direção, Roteiro, Ator, Música Original e Montagem. Antonio Banderas, protagonista do filme, recebe assim seu segundo Prêmio Platino; em 2015 recebeu o Platino de Honra.

O prêmio de Melhor Atriz foi concedido a Carol Duarte, protagonista de A Vida Invisível, de Karim Aïnouz. Esta é a segunda vez que uma atriz brasileira é premiada; Sonia Braga venceu em 2017. Democracia em Vertigem, de Petra Costa, conquistou o prêmio de Melhor Documentário, tornando-se a segunda produção brasileira a vencer na categoria. A primeira foi O Sal da Terra, em 2015.

El despertar de las hormigas, primeira produção costa-riquenha na história dos Prêmios, foi a vencedora do Platino Xcaret para Educação em Valores. No que se refere à educação, os organizadores do Prêmio têm se mostrado muito sensíveis à questão, como mostra a criação da plataforma Platino EDUCA (www.platinoeduca.com)

Buñuel en el laberinto de las tortugas levou o prêmio de Melhor Animação, e a Melhor Obra de Estreia foi o longa mexicano La Camarista. O filme colombiano Monos levou dois prêmios: Melhor Fotografia e Melhor Som. E a Melhor Direção de Arte ficou com o espanhol Mientras dure la guerra.

A espanhola A Casa de Papel conquistou três prêmios: Melhor Minissérie, Melhor Ator para Álvaro Morte e Melhor Atriz Coadjuvante para Alba Flores.

Pelo segundo ano consecutivo, Cecilia Suárez levou o prêmio de Melhor Atriz em minisséries pelo seu desempenho em La Casa de las Flores, e o argentino Gerardo Romano foi o vencedor como Melhor Ator Coadjuvante na série El Marginal III.

O anúncio dos vencedores foi feito por Juan Carlos Arciniegas, o humorista mexicano Omar Chaparro e a atriz colombiana Májida Issa pelo canal Youtube dos Prêmios Platino Xcaret.