Foto: Cristiano Prim/Divulgação

24

ABR

29

ABR
HORÁRIOS Diversos horários

Celebrando a produção artística

Cia. Rústica completa 14 anos e promove atividades gratuitas no Multipalco Eva Sopher e em outros espaços da cidade

Um dos mais premiados grupos da cena gaúcha, a Cia. Rústica irá promover uma série de atividades para celebrar 14 anos de produção artística. A programação vai começar no dia 24 de abril, terça-feira, com um espetáculo ao ar livre e com entrada francaCidade Proibida, às 22h, na Praça Júlio Mesquita, também conhecida como Praça do Gasômetro. A programação segue até o dia 29 de abril.

A mostra Cia. Rústica em Movimento também irá ocupar o complexo cultural Multipalco Eva Sopher durante quatro dias com a oficina Desvios Urbanos, as peças Muito Palhaço pra Pouco Circo O Fantástico Circo-Teatro de um Homem Só e um ensaio aberto da nova montagem da trupe, Boca no Mundo. O evento terá ainda Língua Mãe. Mameloschn – prêmios Açorianos de Espetáculo e Braskem de Atriz para Mirna Spritzer, em 2015 – como montagem convidada. 

A CIA. RÚSTICA:

Criada em 2004 na capital gaúcha, a Cia. Rústica já conquistou 33 prêmios. O grupo articula um espaço de trabalho entre artistas plurais, desenvolvendo vários projetos que reúnem montagem, investigação, ação pedagógica e social. A companhia busca uma linguagem contemporânea e popular baseada na cumplicidade entre atores e espectadores, que evoca o lúdico, o corpóreo, o humor e o político na criação artística.  

 

Veja a programação:

* Cidade Proibida, dia 24 de abril, às 22h, na Praça Júlio Mesquita, em frente à Usina do Gasômetro. Entrada franca.

* Oficina Desvios Urbanos, dias 26 e 27 de abril, das 15h às 18h, na sala de oficinas do Multipalco Eva Sopher.

Inscrições pelo e-mail: oficinas@multipalco.com.br 

Com duração de seis horas, a oficina será ministrada pela diretora Patrícia Fagundes e pelos atores Heinz Limaverde, Ander Belotto e Gabriela Chultz. A atividade propõe o desenvolvimento de ações urbanas que repensem a relação ator-espectador e os procedimentos cênicos na rua, buscando inserir a arte no tecido urbano. A idade mínima exigida é de 14 anos. O público-alvo são estudantes e artistas em geral. A atividade será concluída com uma apresentação pelas ruas do centro de Porto Alegre.

* Ensaio aberto de Boca no Mundo, dia 26 de abril, às 19h30, na Sala Qorpo Santo. Entrada franca. Vinte e cinco senhas serão disponibilizadas a partir das 18h30min.

* Espetáculo infantil Muito Palhaço pra Pouco Circo, dias 28 e 29 de abril, às 15h, na Sala de Música do Multipalco Eva Sopher.

Muito Palhaço pra Pouco Circo nasce do universo de jogo e possibilidades de aventuras, trazendo à cena uma forma simples e poética de revivermos os antigos picadeiros de circo. O imaginário do circo está presente em nossas memórias de infância e também no que somos hoje, nos conectando com um mundo de magia e sonho, no qual o palhaço é um personagem central. 

* Espetáculo convidado Língua Mãe. Mameloschn, dia 28 de abril, às 21h, no palco principal do Theatro São Pedro.

Uma história sobre mulheres, mulheres na história. Três gerações de personagens femininas, três gerações de atrizes em cena. A música como voz na presença de um personagem masculino. O filho, o irmão, o neto, o homem. Pertencimento, memória, resistência, feminismo, imigrações, ideologia. Amor e ódio. Como falar nossa língua mãe? 

* O Fantástico Circo-Teatro de um Homem Só, dia 29 de abril, às 18h, no palco principal do Theatro São Pedro.

O mágico, a mulher-barbada, o palhaço, a vedete, o bufão e o vagabundo:  personagens do imaginário circense ganham vida na pele de Heinz Limaverde em O Fantástico Circo-Teatro de um Homem Só. As referências para a montagem foram garimpadas nas tradições das velhas lonas de interior, combinadas a importantes questões da arte contemporânea como a cena em primeira pessoa, a memória como matéria de criação, a experiência de proximidade com o espectador.

Diversos horários

Diversos locais

Entrada franca