Matinal assinantes

Prefeitura de Porto Alegre apresenta ações culturais para reduzir impactos da pandemia

Entre as ações propostas estão atividades virtuais como ciclos de leitura, performances pela janela e programação online de cinema

A Prefeitura de Porto Alegre está mobilizando todas as coordenações da Secretaria Municipal da Cultura (SMC) para elaborar ações com o objetivo diminuir os impactos da pandemia de Covid-19 no setor cultural da cidade. Entre as ações propostas estão atividades virtuais como ciclos de leitura, performances pela janela, programação online de cinema e outras que serão divulgadas pelas redes sociais da SMC, no Facebook (@secretariadaculturapoa) e Twitter (@smcprefpoa).

O secretário Luciano Alabarse reafirma o compromisso em apoiar a comunidade artística.

Desde o início da situação de emergência, toda a equipe da SMC está permanentemente reunida, de forma presencial antes e agora com reuniões virtuais diárias, para elaborar estratégias e ações que venham ao encontro do momento grave agora enfrentado diz.  A Secretaria também analisa projetos que possam gerar auxílio financeiro para artistas, através de parcerias.

A Coordenação de Artes Cênicas (CAC) promoverá o ciclo de leituras Vera Karam. Serão feitas cinco leituras online de textos da escritora Vera Karam, em comemoração aos seus 60 anos. Vera faleceu em 2003 e segue sendo uma das dramaturgas e escritoras mais importantes do Rio Grande do Sul.

Em função do período indeterminado de quarentena, a CAC mantém a vontade de homenagear essa grande escritora brasileira e lançar mão dos recursos tecnológicos atuais para que as leituras aconteçam via digital nas redes sociais e sites da coordenação de artes cênicas e da SMC comenta o coordenador de artes cênicas Fernando Zugno.

Projeto Esquadros - Performances Pela Janela - O projeto "Esquadros" é inspirado na canção de Adriana Calcanhotto, que fala sobre "as cores de Almodovar e Frida Kahlo", vistas através das janelas do carro e das janelas do quarto. A CAC irá provocar os artistas a criarem performances exclusivas de dentro de suas casas e que serão filmadas, editadas e projetadas pelas suas janelas, nas fachadas dos prédios vizinhos para que todos possam ver. Serão 32 performances que serão apresentadas sempre às 20h, de quinta a domingo, durante duas semanas, com duas performances por dia. Será aberto um chamamento público para receber propostas que serão analisadas pela equipe da Coordenação de Artes Cênicas e do Porto Alegre Em Cena.

Projeto Reflexões - Arte Em Tempos De Crise - Esta ação tem como objetivo estimular a reflexão sobre os caminhos da arte em tempos de crise, de confinamento, mas também em tempos de avanços tecnológicos. Como os artistas irão se manifestar através de suas pesquisas de linguagens vivendo confinados? Esta é uma das perguntas que serão propostas a importantes sociólogos, jornalistas e artistas de Porto Alegre e do Brasil. As conversas serão gravadas em formato Podcast e serão disponibilizadas online.

Nossa ideia é estimular a reflexão de como sobreviver nesses tempos de mudanças drásticas da convivência e, como disse o líder indígena Ailton Krenak: ter ideias para adiar o fim do mundo  comenta  Zugno. Será disponibilizada uma conversa por semana no do blog maisteatro.org.

Coordenação de Cinema e Audiovisual (CCA) - Desde o fechamento da Cinemateca Capitólio, no dia 14 de março, está oferecendo uma curadoria online, compartilhando dicas de filmes que estão disponíveis na rede para acesso doméstico. Esta curadoria virtual tem o objetivo de manter um contato diário com os frequentadores do espaço da Cinemateca Capitólio e a comunidade em geral, além de oferecer uma alternativa de entretenimento nesses tempos de reclusão doméstica. A divulgação de cada um dos títulos é realizada diariamente às 18h, nas redes sociais da CinematecaCapitólio.

CCA MasterClass - Tem como objetivo conectar aspirantes, estudantes e técnicos. Serão convidados 12 profissionais da cadeia produtiva audiovisual para abordarem em vídeo-aula aspectos fundamentais da produção cinematográfica, em seus mais diferentes eixos.

Museu de Porto Alegre Joaquim Felizardo - Irá adaptar para transmissões ao vivo nas redes sociais do Museu (Facebook: @museudepoa) o projeto Baú das Histórias Adormecidas, oficina de contação de histórias  voltado especialmente para o público infantil.  A ação será conduzida por profissionais da área de arte-educação e propõe uma mediação lúdica e significativa para crianças da educação infantil e séries iniciais, trazendo informações históricas sobre o Solar Lopo Gonçalves, sobre escravidão e também sobre brinquedos e brincadeiras antigas. As crianças entram em contato com práticas culturais da época e com a história da cidade de Porto Alegre.

Coordenação de Dança - Promoverá o lançamento do novo volume da série Escritos da Dança que será disponibilizado em PDF, envolvendo ainda depoimento em vídeo dos autores e organizadores. Também irá realizar a oficina virtual de Improvisação em Dança e o Circuito de Oficinas de Vídeos para qualificação da cadeia produtiva da dança, além de aulas não presenciais para o Grupo Experimental de Dança e Cia Jovem de Dança. A Coordenação planeja também a Mostra de Dança em plataformas virtuais.

Centro de Dança de Dança - Em parceria com a Caixa Econômica Federal, recebe até 17 de abril as pré-inscrições para cursos de capacitação profissional da Incubadora de Dança da Restinga. Serão oferecidos gratuitamente seis cursos de capacitação na área da dança e também realizada a montagem de um espetáculo com 15 bailarinos que irá circular no bairro e pela cidade de Porto Alegre. O programa de capacitação integra o projeto Mais Restinga, uma parceria da Caixa Econômica Federal com a Prefeitura de Porto Alegre, para levar ações sociais, inclusivas, culturais, educativas, formativas, esportivas e recreativas para a comunidade no entorno dos condomínios Minha Casa Minha Vida da região Restinga.

Campanha SOS Músicos POA - Visa a arrecadar doações de alimentos e produtos de higiene e limpeza para auxiliar os músicos de Porto Alegre que se encontram com dificuldades financeiras em virtude do cancelamento de suas atividades.

Música na Janela - O projeto da Coordenação de Música  irá contar com a participação de até 40 músicos de Porto Alegre. As apresentações serão na residência dos músicos, visíveis ao seus vizinhos, e gravada para disponibilização nas redes sociais da prefeitura.

Arquivo Histórico de Porto Alegre Moyses Vellinho - Disponibilizará em seu blog uma programação virtual que inclui entrevista com Sérgio da Costa Franco, membro do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul e presidente de 1996 a 1998. Também é membro do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. Jornalista desde 1949, publicou crônicas e textos históricos em diversos jornais. Autor de diversos livros, alguns reunindo crônicas, mas a maior parte dedicados à pesquisa histórica, principalmente à memória de Porto Alegre. O Arquivo Histórico também disponibilizará um tour virtual do espaço, intitulado Por de trás daquele muro tem um Arquivo.

Coordenação de Literatura e Humanidades - Apresentará vídeos curtos da Biblioteca Josué Guimarães dirigidos ao público em geral e divididos em três séries: Crônicas na Biblioteca, Dicas de Leitura e A Hora do Conto. Os dois primeiros visando ao público adulto, sob o comando do professor Sergius Gonzaga, com a participação de vários escritores da cidade. Já A Hora do Conto, destinado às crianças,  ficará aos cuidados da bibliotecária-chefe da Josué Guimarães, Renata Borges. A programação começará na segunda (30/3) e estará disponível fanpage da Biblioteca.

Atelier Livre -  Irá compartilhar os primeiros cursos e ações através das suas redes sociais (@AtelierLivre e @alivrepoa) neste período de quarentena. Professores e colaboradores dividirão com o público em geral conteúdos e aulas nas diversas áreas de atuação do Atelier.

No Coração da Agulha -  O projeto será adaptado para o formato online através do aplicativo Zoom. Originalmente o projeto consiste em rodas abertas e itinerantes de bordado livre, voltadas para a produção de toalhas de mesa de grandes dimensões em espaços públicos, acolhendo e dando suporte à diversidade de vozes que compõem o tecido social. O resultados dos encontros virtuais serão postados e costurados nas redes sociais do Atelier Livre formando uma grande painel virtual.

Observação Orgânica -  Em transmissões ao vivo pelo Facebook, a observação de plantas e elementos orgânicos existentes dentro das nossas casas servirá de base para exercícios de desenho, pintura, fotografia, escrita e pesquisa.

Coordenação de Artes Plásticas (CAP) - Adaptará as exposições previstas para o primeiro trimestre para as plataformas digitais (@artesplasticaspoa). Entre as quais, Arte Andarilha, uma seleção de mais de 30 obras da Pinacoteca Aldo Locatelli que retratam um roteiro visual de Porto Alegre, entre pinturas, desenhos e gravuras, datadas de 1899 a 2012. Também serão apresentadas aquarelas originais recentemente produzidas pela arquiteta, artista e professora Bia Dorfman e que ilustraram o livro Porto Alegre na palma da mão. Outra exposição, Mulheres, a fonte, associa o trabalho artístico de Judith Fortes, Júlia Neto Felizardo, Regina Simonis e Amélia Pastor Maristany à Fonte Talavera, situada em frente ao Paço Municipal.