Matinal assinantes

Lilian. Foto: Literatura RS/Divulgação

17

MAR
HORÁRIOS Terça a partir das 19h

História da população negra de Porto Alegre em debate no Ciclo Literatura RS

EVENTO CANCELADO

VER GALERIA

No mês em que a capital gaúcha completa 248 anos, o Ciclo Literatura RS receberia a escritora e poeta Lilian Rocha e o escritor e jornalista Renato Dornelles para um bate-papo, na Livraria Cultura. Com o tema Racismo, gentrificação e história negra de Porto Alegre, a mediação seria feita pelo jornalista editor do site Literatura RS, Vitor Diel. A atividade aconteceria nesta terça (17/3), das 19h às 21h, no auditório da Livraria Cultura. O evento, no entanto, foi cancelado.

Leia a nota de cancelamento divukgada pela assessoria de imprensa:

 

"Ciclo Literatura RS" é cancelado por medidas de prevenção

Em função das ações de contenção ao avanço do covid-19, o Ciclo Literatura RS não será mais realizado nesta terça-feira, 17/03, na Livraria Cultura, em Porto Alegre. 

Com o tema Racismo, gentrificação e história negra de Porto Alegre, o evento teria a participação do jornalista Renato Dornelles e da escritora Lilian Rocha. Realizado pelo site Literatura RS, o ciclo tem mediação do jornalista Vitor Diel.

Recentemente, Renato Dornelles lançou o romance A Cor da Esperança. A obra homenageia as mulheres negras e reconta um pouco da história de Porto Alegre, percorrendo lugares antigos, como a Colônia Africana e a Ilhota, onde nasceram Lupicínio Rodrigues e Tesourinha. A trama expõe os reflexos sociais do tráfico de drogas em um dos mais conhecidos bairros da periferia da cidade, a Restinga. 

 

> O LIVRO - A COR DA ESPERANÇA

Em uma comunidade da periferia de Porto Alegre, as pessoas compartilham alegrias, tristezas, dificuldades e soluções, fazendo da região em que vivem um espaço de produção de sociabilidades e cultura entre si. A rotina é radicalmente modificada, e os problemas, multiplicados, quando um jovem, ex-morador, retorna ao local, trazendo junto o tráfico de drogas. Mortes e tiroteios passam a fazer parte do cotidiano, deixando a comunidade acuada e sob fogo cruzado. No caminho oposto, surge a figura de uma antiga moradora, Dona Esperança, disposta a tudo para proteger sua família e a vizinhança dos riscos causados pelos invasores. Inclusive, a bater de frente com o líder do tráfico.

A Cor da Esperança é o primeiro título da Falange Produções, editora criada por Renato Dornelles e pela também jornalista e documentarista Tatiana Sager. Com 208 páginas, o livro tem edição e revisão de Daniel Feix, capa e ilustrações de Gilmar Fraga, texto de apresentação de Luís Augusto Fischer, produção executiva de Tatiana Sager e projeto gráfico e diagramação de Paola Rodrigues. 

Preço sugerido do livro: R$ 44,00

Vendas on-line: www.falangeproducoes.com.br 

Vendas físicas: Livraria Bamboletras (Rua General Lima e Silva, 776 loja 3 - Cidade Baixa, Porto Alegre)

Terça a partir das 19h

Livraria Cultura (Avenida Tulio de Rose, 80, Shopping Bourbon Country)

Entrada franca