Matinal assinantes

Ato de Repúdio ao Feminicídio neste final de semana em Porto Alegre

Evento em protesto pelo assassinato da artista e produtora Maria Glória Poltronieri Borges será realizado no domingo (9/2), com concentração às 16h, no Parque da Redenção

Porto Alegre fará parte das manifestações que estão acontecendo em todo o Brasil em protesto pelo assassinato da artista e produtora Maria Glória Poltronieri Borges. O Ato de Repúdio ao Feminicídio – A vida pede passagem, reunindo dança, teatro, música e luta, será realizado no domingo (9/2), com concentração às 16h, no Parque da Redenção, em frente ao Monumento ao Expedicionário. O evento organizado por mulheres e artistas de Porto Alegre e região, de forma autônoma e espontânea, é em repúdio à violência de gênero e em memória daquelas que morreram por serem mulheres.

Maria Glória Poltronieri Borges era artista e produtora, dividindo seu tempo entre São Paulo e Maringá (PR), dedicada à pesquisa em dança, improvisação e na educação somática. Articuladora cultural, idealizou diversos projetos em benefício da cidade de Maringá, como o ProjecT.aTo – A Dança como Ato, o Ciclo de Vivências em Danças Circulares Sagradas e a Formação Continuada em Dança. No último dia 25 de janeiro, Magó visitou uma cachoeira em meio a uma mata nativa no município de Mandaguari, onde foi brutalmente assassinada.

O ato em Porto Alegre terá dança, música, teatro e performance em programação a ser divulgada em breve nas redes.

Domingo, a partir das 16h

Parque da Redenção, em frente ao Monumento ao Expedicionário

Entrada franca