"Central do Brasil". Foto: Cinema de Verão/Divulgação

Cinema de Verão em Caxias do Sul

A sétima edição da mostra acontece de 27 de janeiro a 9 de fevereiro e apresenta 27 filmes em diversos espaços públicos da cidade

VER GALERIA

Em sua sétima edição, a mostra Cinema de Verão 2020 apresenta sessões gratuitas em espaços públicos de Caxias do Sul, de 27 de janeiro a 9 de fevereiro. A mostra reúne 27 filmes, todos clássicos do cinema dos anos 1990, com exibições na Praça Dante Alighieri e nos Bairros de Ana Rech, Desvio Rizzo, Galópolis, Forqueta, Vila Seca, Santa Lúcia do Piaí e São Pelegrino, além de exibições no SESC Caxias do Sul e na Associação Casa Paralela.

Central do Brasil, filme brasileiro que deu Urso de Prata para Fernanda Montenegro e ganhou o Urso de Ouro no Festival de Berlim em 1998, além de levar a grande atriz brasileira a concorrer ao Oscar, é o título que abre a seleção do projeto. O filme dirigido por Walter Salles será exibido na Praça Dante Alighieri, dia 27 de janeiro, às 20h.

A seleção incluí O Quatrilho, filme dirigido por Fábio Barreto e baseado no livro de José Clemente Pozenato. A produção de 1995 foi rodada na Serra e deve emocionar muitos caxienses que se verão na tela e também reconhecerão paisagens e locações que serviram de cenário para a trama estrelada por Patrícia Pillar e Gloria Pires. O candidato brasileiro ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1996 terá sessões dia 1º de fevereiro na Praça de Santa Lúcia do Piaí, às 20h, e na Praça de Vila Seca, dia 8 de fevereiro, também às 20h.

Priscilla, A Rainha do Deserto, produção australiana cult entre o público LGBT+ será sintomaticamente exibido na praça central de Caxias, reafirmando o espaço como um local de pluralidade de convívio da diversidade em sessão multicolorida e alegre programada para dia 2 de fevereiro, às 20h.

Para as sessões cults da Casa Paralela, com fortes doses de emoção, os títulos selecionados foram Um Drink no Inferno, Pânico, A Bruxa de Blair e Assassinos Por Natureza. Para o público diversificado do SESC, as opções vão de Pulp Fiction a Patch Adams – O Amor É Contagioso, incluindo Filadélfia, O Que É Isso Companheiro? e O Rei Leão, entre outros.

Já a sessão de encerramento do Cinema de Verão 2020 não poderia ter cenário e título melhor: dia 9 de fevereiro, às 20h30min, tendo a Igreja de São Pelegrino como cenário, será exibido o filme italiano A Vida É Bela, de Roberto Benigni, que afirma o quanto o cinema pode propor magia em tempos instáveis.

Mais informações no site.