Cena do filme "A Revolução em Paris". Foto: Divulgação

Atriz francesa Adèle Haenel é a estrela do filme "A Revolução em Paris"

O drama histórico narra os primeiros anos da Revolução Francesa e já está em cartaz nos cinemas brasileiros

VER GALERIA

Adèle Haenel é a protagonista de A Revolução em Paris, drama histórico de Pierre Schoeller, que narra os primeiros anos da Revolução Francesa e que estreiou nos cinemas brasileiros nesta quinta (28/11). Premiada com o César de Melhor Atriz Coadjuvante em 2014 pelo filme Suzanne e de Melhor Atriz em 2015 pelo longa Amor à Primeira Briga, a jovem interpreta Françoise, uma mulher do povo que, ao lado de outras pessoas, se rebela contra a monarquia de Luís XVI e exige transformações na sociedade baseadas nos princípios de liberdade, igualdade e fraternidade. Representantes do povo participam da Revolução e têm seus destinos cruzados com figuras históricas da França. O elenco feminino conta ainda com Céline Sallete, Julia Artamonov, Noémie Lvovsky e a pequena Emma Stive.

A Bonfilm, responsável pela distribuição do longa no país, divulga cena que ressalta o importante papel das mulheres naquele momento histórico. A Marcha de Mulheres em Versalhes, realizada em outubro de 1789, marca o primeiro grande evento feminino aos olhos de todos, incluindo deputados, nobreza e burguesia de Paris. O feito foi a irrupção de mulheres na cena política, que provocou também um evento impensável para a época: o rei e a rainha deixariam Versalhes para voltar à Paris. É um ponto de grande virada na Revolução: pela primeira vez, mulheres jardineiras, lavadeiras, vendedoras e artesãs promoviam a erupção da energia popular no coração do poder francês.

– Eu realmente queria filmar o surgimento de uma consciência política, uma liberdade nascente, intoxicante e envolvente. Desde o início do projeto, sempre desejei que a coragem, a diversidade de sensibilidades, a esperança e o entusiasmo dessas mulheres ressoassem no filme  ressalta o diretor do longa.

A Revolução em Paris teve exibição exclusiva no Brasil durante a décima edição do Festival Varilux de Cinema Francês, realizado em junho deste ano, e contou com a presença do diretor – sendo o filme mais assistido não apenas desta edição como também dos dez anos de evento, com 20.751 espectadores. Apresentado também em seleção oficial na Mostra di Venezia, A Revolução em Paris foi um dos filmes franceses recentes de maior orçamento de produção, cerca de 17 milhões de euros, o que permitiu reconstituir cenas históricas em cenários autênticos nas ruas de Paris e arredores.

 

Confira o trailer de A Revolução em Paris: