Foto: Carina Macedo/Divulgação

22

NOV

02

DEZ
HORÁRIOS Sex sab dom e seg às 20h

Cerco Cultural apresenta o espetáculo "Terra Adorada"

Como resultado de dois anos de pesquisa da atriz Ana Luiza Bergmann, o espetáculo fica em cartaz de 22 de novembro a 2 de dezembro, no Espaço Cerco Cultural

VER GALERIA

Como resultado de dois anos de pesquisa da atriz Ana Luiza Bergmann, o espetáulo Terra Adorada cumpre temporada de 22 de novembro a 2 de dezembro, no Espaço Cerco Cultural. O espetáculo é dirigido aos brasileiros que não se consideram índios. Os ingressos devem ser adquiridos no local.

Entrelaçando narrativas vivenciadas em terras indígenas Guarani e Kaingang, notícias jornalísticas, dados históricos, palavras de Renata Machado Aratykyra, Davi Kopenawa, Daniel Munduruku, Jaider Esbell e memórias da infância no interior do Estado, a atriz mergulhou na criação de uma peça que critica a sociedade não indígena. Em performance, Ana traz à tona essas informações propondo, por meio delas, um olhar sobre as relações ainda colonialistas e uma denúncia sobre a situação desses povos no Brasil

Terra Adorada apresenta um olhar crítico sobre esse Brasil parido à força, inventado a partir das dores de mulheres pegas no laço. Fazem parte do complô de mulheres criadoras que se juntou para dar forma a esse espetáculo-manifesto Jezebel De Carli, Vika Schabbach, Carol Zimmer, Aline Marques, Carina Macedo e Joana Brandi V.

Entrada gratuita para indígenas.

Sex sab dom e seg às 20h

Espaço Cerco Cultural (Rua Riachuelo, 579)

R$ 30 (inteira) e R$15 (estudantes, +60, classe artística e professores)