Afluência. Foto: Renata Hilal/Divulgação

22

NOV

23

NOV
HORÁRIOS Sex e sab às 19h

"Afluência" reúne diferentes processos e talentos no Teatro Glênio Peres

A bailarina Geórgia Macedo, os músicos Thiago Ramil e Felipe Zancanaro e a artista visual Isabel Ramil estão no projeto, que fará apresentações gratuitas nos dias 22 e 23 de novembro

VER GALERIA

Da reunião de alguns amigos artistas que vinham interagindo em suas carreiras e estavam com o olhar à frente, em perspectiva, surgiu o projeto Afluência, um híbrido repleto de beleza, poesia, reflexão e resistência. A bailarina Geórgia Macedo, os músicos Thiago Ramil e Felipe Zancanaro e a artista visual Isabel Ramil se reuniram com o desejo de juntar os potenciais artísticos de cada um, colocando-se em um processo de criação conjunta. 

A partir de experimentações pautadas pelas referências e particularidades das práticas individuais de cada artista, constituiu-se a performance Afluência, com apresentação nos dias 22 e 23 de novembro, no Teatro Glênio Peres. A entrada é gratuita.

O grupo pensa o movimento e a coreografia a partir de uma estrutura dinâmica composta na interação entre o corpo, as sonoridades, a luz, o vídeo, a palavra e os objetos cênicos. O espetáculo é composto por cenas-chave que são pensadas para funcionar como peças de um jogo que se reconfigura e se reorganiza dentro da macro estrutura da performance, bem como pela possibilidade de mudanças de dinâmica, duração e elementos sonoros, visuais ou performáticos de cada cena individualmente.

A proposta é explorar as especificidades das áreas dos artistas que o compõe: música, dança, artes cênicas e artes visuais e a interação entre elas. Afluência busca proporcionar ao público uma experiência imersiva e, portanto, propõe uma “instalação” e não um palco tradicional para sua montagem.

A distribuição de ingressos inicia a partir de terça (19/11), na Seção de Memorial da Câmara Municipal, das 9h às 17h. No sábado, dia 23, somente 30 minutos antes do espetáculo, se houver disponibilidade.

Sex e sab às 19h

Teatro Glênio Peres (Avenida Loureiro da Silva, 255 - Centro)

Entrada franca