Fundação Iberê Camargo na 65ª Feira do Livro

As atividades gratuitas, com contação de história e oficina de gravura de Xadalu, acontecem no sábado (16/11), na Fundação, e no domingo (17/11), na Praça da Alfândega

Pela primeira vez, a Fundação Iberê Camargo vai integrar a programação da 65ª Feira do Livro de Porto Alegre, apresentando atividades que marcam um novo posicionamento do centro cultural e que possibilita um encontro entre as mais diversas linguagens. As atividades gratuitas ocorrem no sábado (16/11), na Fundação, e no domingo (17/11), na Praça da Alfândega.

Nesta parceria com a Feira do Livro, queremos ampliar nossa atuação e fomentar a cultura por meio da inserção de todas as linguagens artísticas, partindo das artes visuais, passando pelas artes cênicas, pela música até a literatura  explica Robson Outeiro, superintendente executivo da Fundação.

 

Programação

Cantos e Acalantos | Contação de História Teatral
Contador: José Mauro Brant (RJ)
Quando: 16 de novembro | Sábado | 17h
Local: Fundação Iberê
Entrada franca

Em Cantos e Acalantos, José Mauro Brant cria uma apresentação inspirada nas primeiras histórias ouvidas na infância e nos acalantos cantados pelas famílias para embalar seus filhos. As músicas folclóricas são mescladas a histórias como o Negrinho do Pastoreio, João Jil e Surrão Mágico. A ideia do espetáculo é recuperar cantigas, contos tradicionais brasileiros e difundir o livro e a leitura.

Brant é ator, cantor, autor e diretor de mais de 80 óperas e espetáculos musicais. Em 1996 estreou "Contos, Cantos e Acalantos", que deu origem a um CD homônimo, e se apresenta em teatros, escolas e hospitais no Brasil e exterior.

 

Contos indígenas e oficina de gravura em isopor
Artista: Xadalu
Quando: 17 de novembro | Domingo | 10h
Local: Praça de Autógrafos - Ciclo Arte na Praça
Classificação etária: 6 a 12 anos
Entrada franca

Os contos, lendas e histórias indígenas estão muito mais presentes em nossas vidas do que imaginamos. Eles trazem valores, como o reconhecimento da sabedoria dos mais velhos e o respeito à natureza. Para aproximar as crianças da cultura indígena, Xadalu apresenta contos e histórias, brinquedos, animais e suas obras.

Durante o encontro, os participantes farão uma introdução à técnica da gravura a partir da experimentação, criando suas próprias obras inspiradas nas ilustrações e objetos apresentados, investigando as diferentes possibilidades de representação de imagens.

Xadalu é artista visual urbano com uma obra que transita entre intervenções nas ruas e exposições em museus, galerias e centros culturais. Sua produção diversificada mescla as colagens da sticker art a técnicas e linguagens como a serigrafia, a pintura, a fotografia e o objeto.

Sab 17h, Dom 10h

Fundação Iberê Camargo (Avenida Padre Cacique, 2000) e 65ª Feira do Livro de Porto Alegre (Praça da Alfândega, s/n)

Entrada franca