Escritores debatem zoopoética e a perspectiva animal na literatura

O bate-papo acontece nesta sexta-feira (15/10), às 18h30min, na Biblioteca Moacyr Scliar do Memorial do Rio Grande do Sul

Intitulado Do que escrevemos quando escrevemos sobre animais?, o encontro acontece nesta sexta (15/11), às 18h30min, na Biblioteca Moacyr Scliar do Memorial do Rio Grande do Sul. O evento integra a programação da 65ª Feira do Livro de Porto Alegre. Participam Ana Mello, Bianca Pazzini, Luiz Maurício Azevedo e Sinara Foss, sob mediação de Filipe Smidt Nunes

A literatura é rica em exemplos de zoopoética, designação atribuída à escrita a partir da perspectiva dos animais. Entre os brasileiros, Hilda Hilst, Carlos Drummond de Andrade, João Guimarães Rosa e Clarice Lispector são alguns dos autores e autoras que já praticaram o gênero em suas literaturas, de alguma forma. Uma das principais pesquisadoras do tema é a poeta e ensaísta mineira Maria Esther Maciel, autora de, entre outros títulos, Pensar/escrever o animal (2010) e Literatura e animalidade (2016).

 

Sex 18h30min

Biblioteca Moacyr Scliar Memorial do Rio Grande do Sul (Rua Sete de Setembro, 1020 - Praça da Alfândega)

Entrada franca