Astronauta Pinguim lança novo álbum

Intitulado "Bosch", o disco traz 10 músicas, dentre elas 9 inéditas, com inspiração nos mais conhecidos trabalhos do pintor holandês

VER GALERIA

Gravado entre novembro de 2018 e janeiro de 2019, Bosch traz 10 músicas, dentre elas 9 faixas inéditas, compostas e totalmente executadas pelo músico e produtor Astronauta Pinguim, que utilizou seu grande arsenal de sintetizadores e instrumentos eletrônicos originais das décadas de 1970 e 1980. 

Completando o CD, o artista resgatou a faixa The Garden of Earthly Delights, originalmente lançada no disco Zeitgeist/propaganda (2011). Bosch ainda conta com a participação do músico holandês Henk Bol tocando guitarras e baixo na faixa A trip to ‘s-Hertogenbosch. O CD foi gravado e mixado no The Central Lab, em São Paulo, além de contar com gravações de campo realizadas nas cidades norte-americanas de Seattle, Eugene (Oregon) e San Francisco. A masterização do CD ficou a cargo do americano Tod Levine e foi realizada no Magnetic North Studio, na legendária cidade de Woodstock, no estado de Nova York – isso, aquela mesma Woodstock!

As faixas, todas instrumentais, tiveram inspiração nos mais conhecidos trabalhos do pintor holandês Hieronymus Bosch (1450-1516), como O jardim das delícias terrenas, O carro de feno, As tentações de Santo Antônio e Extração da pedra da loucura, entre outras. A capa e o material visual do álbum é de Ramiro Pissetti (responsável pelas projeções durante as apresentações ao vivo do Astronauta Pinguim), e teve suas imagens totalmente extraídas de quadros de Bosch.

O pintor holandês Hieronymus Bosch é um dos principais expoentes do Renascimento Nórdico. Entre suas obras mais famosas estão O jardim das delícias terrenas (no acervo do Museu do Prado, Madri), O juízo final (acervo da Akademie der Bildende Künste, Viena), Os sete pecados capitais (Museu do Prado, Madri), e O barco dos loucos (Museu do Louvre, Paris).

Conhecido tanto pela sua atuação como músico e produtor quanto pela sua incasável pesquisa sobre música eletrônica e suas origens, o gaúcho radicado em São Paulo Astronauta Pinguim – ou Fabrício Carvalho, seu nome de batismo – contabiliza no currículo como artista solo 6 lançamentos: Peticos: sabor churrasco/switced-on Bah! (CD, 2004), Supersexxxysounds (CD, 2008), Zeitgeist/propaganda (CD, 2011), Automatic/Here she comes, there she goes (Compacto em vinil, 2013), Live at Haus der Kulturen der Welt, Berlin, Deutschland (CD gravado ao vivo, 2015) e Bosch (CD lançado no dia 9 de Agosto de 2019).

Durante 10 anos, Pinguim fez parte da banda que acompanhou o músico e amigo Jupiter Maçã (falecido em 2015), além de ter atuado como músico contratado das bandas dos músicos Wander Wildner, Barbara Eugênia e Lirinha (Cordel do Fogo Encantado). Atualmente, Pinguim dedica-se somente à carreira solo, além de atuar como professor de inglês para alunos entre 4 e 11 anos de idade na cidade de Jundiaí, São Paulo.