Foto: Divulgação

11

NOV
HORÁRIOS Segunda 19h45min

Luc Ferry encerra a temporada 2019 do Fronteiras do Pensamento

O filósofo francês ministra conferência na segunda-feira (11/11), às 19h45min, no Salão de Atos da UFRGS

O filósofo francês Luc Ferry encerra a temporada 2019 do Fronteiras do Pensamento nesta segunda (11/11), em Porto Alegre. O evento terá início às 19h45min e acontece no Salão de Atos da UFRGS. Os passaportes para a temporada 2019 estão esgotados.

Na Europa das migrações e do multiculturalismo, Luc Ferry é um defensor do humanismo secular e da espiritualidade laica. Escritor, professor e ex-ministro da Educação na França, Ferry trouxe a filosofia de volta ao cotidiano, com linguagem e abordagem mais acessíveis.

– A filosofia não consiste em tentar construir um argumento para responder a uma questão absurda. A filosofia é aprender a viver – afirma.

Em 1985, ganhou notoriedade ao publicar um artigo juntamente com Alain Renaut, intitulado Le Pensée 68, no qual criticavam os pensadores pós-maio de 1968. De 2002 a 2004, no governo de Jacques Chirac, foi ministro da Educação Nacional. Dois anos depois, publicou Aprender a Viver, no qual mostra como a sabedoria pode ser o caminho para uma vida melhor.

O livro se tornou best-seller e recebeu o Prêmio Aujourd’hui 2006, um dos mais conceituados na França. Seu livro mais recente publicado no Brasil, em 2018, é 7 Maneiras de Ser Feliz – Como Viver de Forma Plena.

Formado em filosofia pelas universidades de Sorbonne e de Heidelberg, fez seu doutorado em ciência política pela Universidade de Reims. Foi agraciado com os graus de Cavaleiro da Legião da Honra e da Ordem das Artes e das Letras da República Francesa, e os prêmios Droits de l’Homme e Ernest Thorel, entre outros.

Evitando o pessimismo e cultuando a sabedoria e a boa vida, Luc Ferry entende que a filosofia traz as respostas para que o homem possa superar seus medos, que são os obstáculos que impedem que ame os outros e seja livre.

– Se um dia quisermos que as crianças pensem por si próprias, precisamos ensinar a história de grandes visões do mundo. Contar, por exemplo, que na filosofia existem cinco grandes respostas para a pergunta “o que é a vida boa": a grega, a cristã, a do humanismo moderno, a de pensadores como Nietzsche e a contemporânea. Isso é apaixonante.

 

Segunda 19h45min

Salão de Atos da UFRGS (Avenida Paulo Gama, 110)

Ingressos esgotados