Jornalista recebe homenagem na Mostra X: Brazilian Film Festival em Chicago

A jornalista, crítica e professora Fatimarlei Lunardelli representará o cinema gaúcho na mostra, que inicia nesta sexta-feira (1°/11)

A jornalista, crítica e professora Fatimarlei Lunardelli representará o cinema gaúcho na Mostra X: Brazilian Film Festival, em Chicago, nos EUA. O evento, que começa nesta sexta (1º/11), é dedicado à promoção do cinema brasileiro em universidades e centros culturais dos Estados Unidos e do Brasil. 
 
Realizado pelo Partners of the Americas de Illinois, o evento contou, neste ano, com curadoria do Instituto Estadual de Cinema (IECine), Sesc RS e apoio do Partners of the Americas do Rio Grande do Sul. A seleção de filmes brasileiros inclui Rasga Coração (2019), dirigido por Jorge Furtado e produzido pela Casa de Cinema Porto Alegre, que será exibido na Loyola University, no dia 6 de novembro e na Northwestern University, no dia 7 de novembro. As exibições serão seguidas de debates com Fatimarlei Lunardelli, que também irá receber o troféu Mostra X, destinado a personalidades do cinema.
 
Os filmes a serem exibidos na Mostra X: Brazilian Film Festival incluem Benzinho (2018), de Gustavo Pizzi, Beijo no Asfalto (2018), de Murílio Benício, e Espero tua (re) Volta (2019), de Eliza Capai, além de uma mostra de curtas-metragens. Os filmes farão um circuito brasileiro que inclui as cidades de São Paulo e Porto Alegre e graças a uma parceria com a Secretaria de Estado da Cultura (Sedac), a mostra contará com exibições gratuitas na Cinemateca Paulo Amorim (Casa de Cultura Mario Quintana), a partir do dia 20 de novembro.
 
Para o diretor do Instituto Estadual de Cinema, Zeca Brito, a presença da professora Fatimarlei nos Estados Unidos é o primeiro passo de uma parceria estabelecida com a entidade Partners of the Americas, que pretende levar a cinematografia gaúcha para os Estados Unidos em ações previstas para os próximos anos. “É uma alegria saber que a história do nosso cinema será apresentada em universidades e ao público norte-americano por alguém que faz parte da criação do primeiro curso superior de cinema do Rio Grande do Sul.”
 
Nascida no Rio Grande do Sul, Fatimarlei é mestre e doutora em cinema pela USP e autora dos livros Ô Psit: O Cinema Popular dos Trapalhões (1996), Quando Éramos Jovens: A História do Clube de Cinema de Porto Alegre (2000) e A Crítica de Cinema em Porto Alegre na Década de 1960 (2008). Colabora com artigos em livros, sendo o mais recente Trajetória da Crítica de Cinema no Brasil (2019), no qual escreveu sobre a crítica de cinema no Rio Grande do Sul e Ismail Xavier: Um Pensador do Cinema Brasileiro (2019), do qual é uma das organizadoras, editados pela Abraccine.