Foto: Carlos Stein/Viva Foto/Divulgação

Instituto Ling lança programação musical gratuita em comemoração aos seus cinco anos

De outubro a dezembro de 2019, o centro cultural promoverá quatro shows e duas audições comentadas de jazz com entrada franca

No mês em que completa cinco anos desde a sua abertura, o Instituto Ling lança uma programação musical comemorativa, com seis eventos com entrada franca. De outubro a dezembro de 2019, o público poderá conferir quatro shows e duas audições comentadas de jazz gratuitas, que terão distribuição de senhas no local, uma hora antes do início das atividades.
 
A programação inclui apresentação do pianista argentino Adrián Iaies lançando seu novo projeto Colegiales Trio no dia 24 de outubro, um recital da cravista brasileira Rosana Lanzelotte no dia 9 de novembro, um show em homenagem ao maestro Moacir Santos feito por grandes nomes da cena instrumental de Porto Alegre no dia 28 de novembro e o projeto inédito All Star Sul Jazz, que reunirá diversos artistas gaúchos para interpretar clássicos de Cole Porter, George Gershwin, Herbie Hancock, Tom Jobim e Johnny Mercer no dia 12 de dezembro.

Além dos shows, o público também poderá conferir histórias, curiosidades e detalhes sobre a obra de dois grandes nomes do jazz em audições comentadas pelo jornalista Paulo Moreira. No dia 21 de novembro, o projeto homenageará a cantora Ella Fitzgerald, em um encontro que contará com Camila Lopez dando voz a alguns dos maiores sucessos da dama do jazz. Já no dia 5 de dezembro, o homenageado será o contrabaixista norte-americano Charles Mingus, em evento que terá canja musical ao vivo com Everson Vargas Grupo.

A programação especial faz parte das comemorações dos cinco anos do centro cultural, inaugurado em Porto Alegre em 31 de outubro de 2014. Localizado na Rua João Caetano, 440, no bairro Três Figueiras, o prédio tem projeto arquitetônico assinado por Isay Weinfeld, um dos mais conceituados arquitetos brasileiros. O local conta com salas de aula, auditório, espaço expositivo, salão de eventos e laboratório gastronômico, além de facilidades como cafeteria, loja e estacionamento.

Nesses últimos cinco anos, o Instituto Ling recebeu a visita de mais de 150 mil pessoas. Devido a seu diversificado portfolio, que inclui cursos, manifestações artísticas, eventos, e às oportunidades de convivência e trocas de ideias que propicia, conseguiu conquistar lugar de projeção na cidade. Somente com a programação já realizada neste ano e a que ainda será oferecida até o final de 2019, serão mais de 250 atividades culturais nos segmentos de criatividade, literatura, história, cinema, música, ciência, saúde, gastronomia, filosofia e infantil.

Um dos destaques da programação são as artes visuais. Nos últimos anos, o centro cultural abrigou 12 exposições com artistas reconhecidos nacionalmente, como Nelson Felix, Karin Lambrecht, Carlos Vergara, Gisela Waetge, Carlos Fajardo, José PatrícioSérvulo Esmeraldo, Laura Vinci, Walmor Corrêa, Luiz Carlos Felizardo, Daniel Senise e Sérgio Sister, e recebeu a 10ª Bienal de Artes Visuais do Mercosul.

O Instituto Ling também propõe uma série de ações educativas, com foco na formação de plateia para as artes visuais, feita por meio de oficinas e visitas guiadas destinadas ao público escolar. Para aproximar o público das expressões da arte contemporânea, o centro cultural conta com uma equipe dedicada de monitoria que realiza ações educativas voltadas para escolas e/ou grupos, buscando estabelecer, de forma lúdica e através de experimentação, relações com as obras ou o artista em questão. Para o segmento de universitários, a instituição oferece uma visita guiada focada nos aspectos arquitetônicos do prédio.