Abraccine lança livros durante a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

A 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, com início no dia 16 de outubro, receberá quatro lançamentos de livros organizados pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema

VER GALERIA

A 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, com início no dia 16 de outubro, receberá quatro lançamentos de livros organizados pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine), voltados para diversas atividades ligadas ao cinema nacional, da história do curta-metragem, passando por festivais de cinema e a trajetória da crítica desde o seu nascimento, ao trabalho de mulheres na direção. Todos os lançamentos acontecerão na livraria Blooks, no Shopping Frei Caneca, a partir das 19h.

O primeiro lançamento acontecerá no dia 22 de outubro, com Paulínia Uma História de Cinema (Paco Editorial), escrito por João Nunes. Primeiro volume da coleção Festivais de Cinema, o livro conta a história do Festival de Paulínia, no interior de São Paulo, que, em suas seis edições – de 2008 a 2014 –, se tornou um dos mais importantes do país, impulsionado pelos royalties do petróleo, e esteve  vinculado a um polo do audiovisual na região, produzindo filmes como Chico Xavier e O Palhaço.

No dia 23 de outubro, será a vez de Atrás das Câmeras Cineastas Brasileiras de 1930 a 2018 (Estação Liberdade), organizado por Luiza Lusvarghi e Camila Vieira. A publicação é fruto de uma inquietação perante as poucas informações disponíveis sobre a história do cinema brasileiro feito por mulheres e reúne 27 ensaios que enfocam figuras de destaque como as pioneiras Cléo de Verberena, Gilda Abreu e Carmen Santos até nomes em atividade, como as premiadas Anna Muylaert e Suzana Amaral.

A Blooks terá, no dia 29 de outubro, o lançamento de dois livros da Abraccine, ambos produzidos em parceria com a editora Letramento. Trajetória da Crítica de Cinema no Brasil, organizado por Paulo Henrique Silva, é resultado de um levantamento inédito sobre a história da crítica de cinema no país, abrangendo 23 dos 27 Estados, incluindo o Distrito Federal, em que é possível traçar uma trajetória comum, mesmo em lugares distantes do centro econômico, que começa concomitantemente à abertura das primeiras salas de exibição.

Realizado em parceria com o Canal Brasil, Curta Brasileiro 100 Filmes Essenciais é o quarto e último volume da coleção 100 Melhores, iniciada em 2016. Organizado por Gabriel Carneiro e Paulo Henrique Silva, apresenta ensaios sobre uma centenas de produções brasileira feitas no formato, em várias épocas.

Cada texto é assinado por um autor diferente, reunindo nomes importantes da crítica e do pensamento sobre cinema no Brasil e no Exterior. Conta ainda com 23 artigos históricos que percorrem a trajetória do curta.

– Desde que a Abraccine começou com o projeto de publicação de livros, há três anos, ficou claro que temos um importante papel na preservação da memória do cinema brasileiro e, por extensão,da própria produção da crítica no país. Esses lançamentos da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo ilustram bem o leque de filmografias que conseguimos atingir e o quanto refletir sobre elas pode repercutir – observa Ivonete Pinto, presidente da Associação Brasileira de Críticos de Cinema.

 

Serviço

Lançamento de livros da Abraccine, entre 22 e 29 de outubro

Livraria Blooks (Shopping Frei Caneca – Rua Frei Caneca, 569, Consolação)

Sempre a partir das 19h. Entrada franca