Matinal assinantes

Foto: Caru Leão/Divulgação

Plebe Rude lança primeiro single do álbum "Evolução"

A primeira faixa do álbum duplo, que terá o lançamento dividido em dois volumes, já está disponível nas plataformas digitais

A Plebe Rude divulgou a primeira faixa do álbum duplo Evolução, que terá o lançamento dividido em dois volumes, um deles previsto para 6 de dezembro e o outro para o primeiro semestre de 2020. A música, que leva o mesmo nome do disco, pode ser considerada uma espécie de “sinopse” desse novo trabalho temático da banda, que narra em 28 faixas a trajetória do ser humano na terra e faz uma ampla análise do homem, do seu desenvolvimento e de sua vivência em sociedade.
 

Evolução é a música tema que resume essa saga, esse arco do homem desde que começou a andar nas duas pernas e despertou a consciência, até sua total destruição na Quarta Guerra Mundial. Einstein dizia que não sabia como a Terceira Guerra Mundial seria lutada, mas que a quarta seria com pedras e paus. No meio da canção, duas vezes o Walter Casagrande [comentarista e ex-jogador de futebol] aparece narrando, como se fosse um observador onipresente, os mandos e desmando da humanidade  revela o vocalista Philippe Seabra.

Foi a partir da faixa Evolução que vieram todas as outras canções do disco. Curiosamente, a música responsável pelo projeto ambicioso, que também se transformará em um musical dirigido por Jarbas Homem de Mello no próximo ano, foi composta em 1989, depois que Philippe e o baixista André X ouviram It's the End of the World as We Know It (And I Feel Fine), da banda norte-americana R.E.M. e foram inspirados por aquele formato, que apresentava uma cascata de palavras.

Enquanto escrevia sua biografia, Seabra reviveu esse período da banda e encontrou a letra original de Evolução, que depois de 30 anos voltou à tona e inspirou as outras 27 músicas do novo álbum. Além de estar disponível nas principais plataformas digitais, a faixa ganhou um lyric vídeo dirigido por Fernando Dalvi.

Ficou lindo. As letras sempre foram importantes para as bandas de Brasília  conta o vocalista.
 
Formada em 1981, a Plebe Rude atualmente é composta por Philippe Seabra (voz, violão e guitarra), Clemente Nascimento (voz e guitarra), André X (baixo e backing vocals) e Marcelo Capucci (bateria e backing vocals).

 

Assista ao lyric video de Evolução: