Cine Iberê com trilha sonora ao vivo

Neste domingo (6/10), às 16h, a Fundação Iberê Camargo apresenta o filme mudo "Entr’Acte", de René Clair, com música ao vivo composta e executada pelo multi-instrumentista Vagner Cunha

Neste domingo (6/10), às 16h, a Fundação Iberê Camargo apresenta o filme mudo Entr’Acte, de René Clair (1898 – 1981), com música ao vivo composta e executada pelo multi-instrumentista Vagner Cunha. Obra-prima cinemática da vanguarda dos anos 1920, Entr’Acte foi realizado para ser exibido no intervalo de Relânche, do Ballet Suédois, em Paris, com cenários do pintor dadaísta Francis Picabia, e música de Erik Satie, executada ao vivo.

Um filme dadaísta  movimento que negava a razão por meio de expressão do absurdo  com sobreposições de imagens, articulações de montagem como uma colagem, uma fotomontagem e alterações de velocidade ralentando ou acelerando os movimentos das personagens, deslocando-os do sentido real da imagem. No elenco, protagonistas da efervescente cena artística de Paris daquela época: Francis Picabia, Marcel Duchamp, Man Ray Jean Börlin, Inge Frïss, Darius Milhaud e Erik Satie.

Com curadoria de Marta Biavaschi, Entr’acte com música ao vivo, integra o programa de cinema em diálogo com a exposição A Zona: A Vida e a Morte, de Wesley Duke Lee.

Dom 16h

Fundação Iberê Camargo (Avenida Padre Cacique, 2000)

Entrada franca