"Meu Mundial – Para Vencer Não Basta Jogar" estreia nos cinemas

A premiada coprodução Uruguai-Brasil-Argentina, dirigida por Carlos Andrés Morelli, estreia em circuito nacional

VER GALERIA

Meu Mundial  Para Vencer Não Basta Jogar, coprodução Uruguai-Brasil-Argentina, dirigida por Carlos Andrés Morelli, estreia nesta quinta (19/9) em circuito nacional. O filme é uma adaptação do livro infantojuvenil homônimo escrito por Daniel Baldi, ex-jogador uruguaio com passagem por clubes como Bella Vista e Peñarol.

Meu Mundial aborda a trajetória de Tito Torres (Facundo Campelo), rapaz de 13 anos, jogador extremamente talentoso que começa a chamar a atenção da máquina financeira do futebol. A produtora é a La Gota Cine, com coprodução da Panda Filmes, do Brasil, e Pensa & Rocca, da Argentina, da Coral CineU Films do Uruguai, e com a participação TELE.

No Festival de Gramado 2018, o longa teve ótima repercussão de público e levou o prêmio de Melhor Ator para Nestor Guzzini, na competição internacional. Em 2017, também participou dos festivais Work-in-progress Award, em Guadalajara FICG, ganhou três prêmios de desenvolvimento, da Market Premiere/Marché du Film, em Cannes, e fez sua Première Internacional no Busan FF, da Coreia do Sul.

Em 2018, também esteve presente no Festival de cine Global, Republica Dominicana; no Festival Internacional de Guadalajara; no Festival Internacional de Cartagena; no Miami International FF MIFFECITO; na seleção oficial do Chicago Latino e no Stockolm International FF Junior, onde ganhou prêmio especial do júri. Foi premiado no Zlin International FF e continuou a participar em festivais em vários países no mundo todo: esteve no Festival Futbol Cine no México; nos Estados Unidos no LaLIFF; no FICS- Festival de Santander na Colombia; no Sydney Latin American FF e no Cinekid FF na Holanda.

O livro Meu Mundial, escrito pelo ex-jogador de futebol uruguaio Daniel Baldi, foi publicado no Uruguai, Argentina, Peru, Paraguai, Bolívia, Espanha e México, ganhou o Gold Book Award e vendeu mais de 30 mil exemplares no Uruguai. A publicação traz no prólogo o célebre ex-capitão da Seleção Nacional do Uruguai, Diego Lugano, atualmente, trabalhando como executivo no time brasileiro São Paulo F C. A participação de Lugano se deve a sua amizade de muitos anos com o autor do livro, Daniel Baldi, que é ex-jogador de sua geração.

 

Confira o trailer de Meu Mundial Para Vencer Não Basta Jogar: