Foto: Divulgação

06

SET

08

SET
HORÁRIOS Sex a dom às 20h

"Ainda que Seja Noite" no Centro Histórico-Cultural Santa Casa

O Grupo Flamenco Silvia Canarim realiza apresentações sobre o universo poético do mítico cantor de flamenco Enrique Morente nos dias 6, 7 e 8 de setembro, às 20h

VER GALERIA

Nos dias 6, 7 e 8 de setembro, o Grupo Flamenco Silvia Canarim apresenta Ainda que Seja Noite, com sessão às 20h, no Centro Histórico-Cultural Santa Casa. O espetáculo de dança tem como ponto de partida o universo poético do cantaor flamenco Enrique Morente (1942 – 2010), um dos grandes renovadores dessa arte.

Morente trouxe para suas criações referências pouco usuais no flamenco de sua época como a poesia de Miguel Hernández, San Juan de La Cruz e Leonard Cohen, além de fusões musicais com o rock e a música oriental.

Para a pesquisa desse espetáculo, o grupo mergulhou na poética do artista nascido em Granada, na Espanha, inspirando-se na sua liberdade criativa para alargar os limites do flamenco e da dança. A morte, a guerra, a política e a espiritualidade são algumas das temáticas que foram exploradas por Morente e, nesta obra, atualizadas e transpostas para a realidade das intérpretes.

A direção cênica é assinada pela atriz Carla Cassapo, que estreia nessa função após experiências como preparadora de elenco no cinema e longa trajetória como integrante do Falos & Stercus, grupo teatral cujo hibridismo das linguagens cênicas é característica marcante do trabalho.

O Grupo Flamenco Silvia Canarim surge em 1999 e realizou diversos espetáculos, entre eles Flamenco de Hoy y de Ayer (1999 e 2000), Mosaico  As Múltiplas Faces do Flamenco (2002), Flamenco Fusión (2003), A Casa (2007), Solos y Bien Acompañaos (2008) e Como Montar um Baile (2012), Usina Tablao (2016). Com A Casa, realizado no Centro Cultural IAB, obteve oito indicações e recebeu quatro Prêmios Açorianos – entre eles, Melhor Espetáculo de Dança e Melhor Trilha Sonora (Felipe Azevedo). Em 2016, recebeu o prêmio Destaque em Flamenco pelo espetáculo Usina Tablao no Prêmio Açorianos.

Os ingressos podem ser adquiridos online ou no local.

Sex a dom às 20h

Centro Histórico Cultural Santa Casa (Avenida Independencia, 75)

R$ 15 a R$ 40