Matinal assinantes

Foto: Claudio Etges/Divulgação

30

AGO

01

SET
HORÁRIOS Sex a dom às 20h

Marilice Bastos estreia coreografia baseada em livro de Paulo Freire

A bailarina apresenta entre os dias 30 de agosto e 1º de setembro o espetáculo "Translúcido", na Sala Álvaro Moreyra

VER GALERIA

A bailarina Marilice Bastos apresenta entre os dias 30 de agosto e 1º de setembro, o espetáculo Translúcido, na Sala Álvaro Moreyra. A nova coreografia expõe sua pesquisa eclética de movimentações, calcadas nas técnicas corporais que se apropria, sobretudo, na dança moderna de Martha Graham.

O espetáculo questiona sociedade brasileira, a forma como se coloca diante do viver obedecendo o sistema e os atuais modelos de comportamento. O espetáculo foi inspirado no livro Pedagogia do Oprimido, de Paulo Freire, que reflete sobre a teoria da ação antidialógica e suas características.

Marilice Bastos é bailarina, coreógrafa e professora, desde 2012 dirige o Espaço Cultural DCDA. Tem formação eclética, com vivências em artes marciais, ioga, balé clássico e dança flamenca. Utiliza como base para suas criações os princípios da dança moderna de Martha Graham, técnica que aprendeu com Nair Moura, aluna de Cecy Frank – pioneira no ensino da técnica em Porto Alegre.
 
O impacto que a dança de Martha Graham (1894 – 1991) causou nos palcos é frequentemente comparado à influência que Picasso teve para a pintura em seu tempo, ou Stravinsky na música, ou Frank Lloyd Wright na arquitetura. Ela inventou uma nova linguagem de movimento usada para revelar a paixão, a raiva e o êxtase comuns à experiência humana.
 
Os ingressos antecipados podem ser adquiridos no Espaço Cultural DCDA (Avenida Protásio Alves, 3150) ou no local, no dia da apresentação.

Sex a dom às 20h

Sala Álvaro Moreyra (Avenida Erico Veríssimo, 307)

R$ 25 a R$ 50