"30 Anos Blues" encerra o 47º Festival de Gramado

Filme sobre a crise dos 30 participa da mostra competitiva de melhor longa nacional

O filme 30 Anos Blues, de Andradina Azevedo e Dida Andrade, marcará o encerramento da 47ª edição do Festival de Cinema de Gramado, que acontece entre os dias 16 a 24 de agosto, na cidade gaúcha. Produzido por Mayra Faour Auad, ao lado de Dida e Andradina, o longa participa da competição oficial concorrendo ao prêmio de melhor longa brasileiro ao lado de outros seis longas de todo o Brasil.

A produção acompanha a história de dois casais que têm suas vidas transformadas após um reencontro de ex-colegas de faculdade. A chegada aos 30 anos afeta, em várias camadas, a vida desses personagens que chegam à idade adulta, mas não querem deixar de ser crianças. 

30 Anos Blues é o segundo filme da dupla formada por Azevedo e Andrade, que levaram o Kikito de melhor direção na edição de 2016 do festival por A Bruta Flor do Querer – vencedor ainda do prêmio de melhor fotografia. Os dois são também protagonistas do longa, que tem São Paulo como pano de fundo e traz Carol Melgaço, Julia Lanina, Adriano Toloza, Juan Manuel Tellategui e Mariana Hein no elenco  e, ainda, a participação especial da atriz Cláudia Alencar.

O longa está na lista das produções nacionais que concorrem ao Kikito e será exibido em 23 de agosto, às 21h, no Palácio dos Festivais.