Cláu Paranhos e Leandro Selister. Foto: Divulgação

08

AGO

09

SET
HORÁRIOS Seg a sex das 13h30min às 18h

IAB abre quatro exposições de artes visuais

A inauguração acontece nesta quinta-feira (8/8), às 19h, na Galeria do Instituto de Arquitetos do Brasil. A entrada é franca

VER GALERIA

Nesta quinta (8/8), às 19h, o Instituto de Arquitetos do Brasil (IABRS) abre quatro exposições, que integram o segundo ciclo de artes visuais da Galeria Espaço. A visitação permanece aberta ao público até 9 de setembro, com entrada franca.

 

Exposições

25° PEQUENO BRONZE DA AEERGS

Homenagem a Xico Stockinger

Associação dos Escultores do Estado

Artistas: Adriana Giora, André Venzon, Angela Pettini, Antonio Caringi, Antônio Sobral, Arminda Lopes, Bruno Segalla, Che Kalika Gomes, Cláudia Stern, Débora Irion, Eloísa Tregnago, Guma, Hélio Fróes, Hidalgo Adams, Jorge Schroder, Lecy Fischer, Marcos Strey, Marília Fayh, Mario Cladera, Neca Lahm, Patrícia Langlois, Rejane Wagner, Sônia Seibel, Ubiratan Fernandes, Valeska Lajus, Vasco Prado e Xico Stockinger (homenageado). 

O Pequeno Bronze chega em sua 25° edição. É uma exposição de escultura que teve suas primeiras realizações na Divisão de Cultura da Secretaria de Educação da Prefeitura de Porto Alegre no inicio dos anos 1980. Após algumas edições, a AEERGS passou a realizar o projeto em diversos municípios do Rio Grande do Sul.

Nesta edição, conta com a participação de 27 artistas, apresentando um mosaico diversificado da produção escultórica do Estado, com obras em pequenos formatos, tendo o bronze como material definidor, podendo, no entanto, ser concebido junto a outros materiais.

 

Brincar É Coisa Séria

Claú Paranhos e Leandro Selister

Partindo de poéticas semelhantes e ao mesmo tempo bastante distintas, os artistas Cláu Paranhos e Leandro Selister têm em comum a criação de bonecos. Sejam eles costurados de forma desordenada, remetendo à ancestralidade e sustentabilidade ou criados a partir de uma cultura contemporânea robótica pop, por imitarem seres (pessoas, animais, híbridos ou robôs). Bonecos são brinquedos emocionais, que convidam à introspecção, lugar onde exercitamos o próprio cuidado de si e do outro. Brincar é a primeira relação da criança com o mundo.

 

Terragrita

Paulo Corrêa

Traços, rastros afros e cortes profundos na carne do papelão buscam a dor da terra que grita nas encostas, nos rios e nos campos. O percurso do homem sob o planeta terra deixa marcas visíveis de animal poluidor sem limites. A exposição de Paulo Corrêa convida o observador para dialogar com o caos planetário nas figuras humanas destroçadas e engolidas pelo fazer contemporâneo, mas que resistem com a força das figuras de referência afro-brasileira para sobreviver.

 

Cartas Patrimoniais

Renata Galbinskih

A exposição Cartas Patrimoniais da artista Renata Galbinskih propõe questões referentes a preservação, memória e valorização cultural através da arquitetura estampada nas fachadas de prédios históricos, mediante pintura e fotografia. As janelas, portas e fachadas dos prédios históricos são impressos em fotografia sobre canva, que posteriormente são colados nas pinturas em que a artista trabalha a imagem através de sobreposição de camadas de tinta veladas, como uma relação direta da sobreposição do tempo sobre nossa memória e a nossa identidade cultural.

 

Seg a sex das 13h30min às 18h

Instituto de Arquitetos do Brasil (Rua General Canabarro, 363)

Entrada franca