Foto: Claudio Benevenga/Divulgação

28

JUN

27

JUL
HORÁRIOS Ter a sex das 9h às 21h
Sab dom e feriados das 12h às 21h

Exposição fotográfica "Black Power" retrata a resistência contra o racismo

A mostra de Claudio Benevenga será inaugurada nesta sexta-feira (28/6), às 19h, no Laboratório Fotográfico da Casa de Cultura Mario Quintana

VER GALERIA

A exposiçāo Black Power será inaugurada nesta sexta (28/6), às 19h, no hall do Laboratório Fotográfico da Casa de Cultura Mario Quintana. A mostra trabalha com o universo híbrido, no qual o fotógrafo Claudio Benevenga mistura nas suas imagens toda a experiência ao longo de mais de trinta anos de atuaçāo na moda, publicidade, cinema e teatro. Com registros carregados de força e dramaticidade, a mostra reforça a resistência e o "empoderamento" negro contra o racismo cultural.

Segundo Benevenga, em pleno século 21, o aumento da discriminaçāo por meio da internet é muito preocupante. Ele conta que, só no último ano, houve inúmeros acontecimentos que viralizaram, com pessoas de diferentes classes, idades e nacionalidades.

– O que mostra que o racismo não é exclusivo de um povo ou de um só lugar, e sim historicamente do ser humano. Atualmente o termo ‘empoderamento’ tem sido muito empregado dentro de alguns grupos de lutas sociais. Ele é utilizado para denominar o processo no qual uma pessoa se conscientiza e se dá conta do seu poder – explica.

Conforme o fotógrafo, empoderar-se é reconhecer-se enquanto sujeito social, político, autor da sua própria história e capaz de lutar por direitos que não são só seus, mas também de um grupo. Ele argumenta que, em um país onde mais da metade da população é negra, trabalhar com a imagem de negros em situaçāo de protagonistas vai muito além do estético, reforça uma luta diária contra a ignorância do preconceito que persiste por mais de 500 anos.

– A força retórica das imagens produzidas com artistas e imigrantes negros advém de serem particulares, fortes e concretas. É importante observar como a imagem e o imaginar coletivo acabam modelando a realidade social, justificando desta maneira a importância social desta mostra que pretendo levar para diversos lugares do país – pontua Benevenga.

A exposição permanece aberta ao público até 27 de julho, com entrada franca.

Ter a sex das 9h às 21h, Sab dom e feriados das 12h às 21h

Casa de Cultura Mario Quintana (Rua dos Andradas, 736)

Entrada franca