Matinal assinantes

Foto: André Furtado/Ascom Sedac/Divulgação

13

JUN
HORÁRIOS Quinta 19h

Discoteca Natho Henn promove mais um ciclo de música

Nesta quinta-feira (13/6), às 19h, Nico e Guto Leite conversam com o público, com mediação do jornalista José Fernando Cardoso, programador musical da discoteca

Dando continuidade à proposta de realizar audições comentadas às quintas-feiras à noite, no auditório Luís Cosme da Casa de Cultura Mario Quintana, a Discoteca Pública Natho Henn promove, no mês de junho, o ciclo Diga Lá: Canções e Conversa. A ideia é reunir, a cada encontro, dois cantores-compositores da cena local para tocarem algumas de suas composições e falarem de seus processos criativos. Sempre às 19h e com entrada franca.
 
O primeiro encontro será nesta quinta (13/6), com Nico e Guto Leite e mediação do jornalista José Fernando Cardoso, programador musical da discoteca.
 
Julho será dedicado ao rock. Está previsto um ciclo para debater o estilo musical e suas formas de pensar o mundo, intitulado Rock & Filosofia, abordando as origens, nos anos 1950, a explosão psicodélica dos anos 1960 e a revolta da geração seguinte – a do punk rock. Na segunda semana do mês, serão abordadas as origens do rock na música negra. E, em parceria com a Cinemateca Paulo Amorim, será apresentado um ciclo de filmes – alguns raros – sobre o rock, com sessões comentadas.
 
Em agosto será dado seguimento a proposta de audições comentadas e bate-papo sobre música/discos, com uma segunda série de encontros com compositores locais, mas, também, com instrumentistas e intérpretes de diversas tendências.
 
Inaugurada em 14 de abril de 1955 pelo músico, compositor, pianista e professor que lhe dá nome, a Discoteca Pública Natho Henn já esteve localizada em diversos endereços. Atualmente, ocupa a Casa de Cultura Mario Quintana. A discoteca possui o maior acervo de música do Rio Grande do Sul: são 3.342 livros, 17.168 partituras e aproximadamente 46.573 discos, entre LPs, álbuns, compactos e CDs.

Quinta 19h

Casa de Cultura Mário Quintana (Rua dos Andradas, 736)

Entrada franca