Foto: FIDPOA/Divulgação

07

JUN

15

JUN
HORÁRIOS Diversos horários

2º Festival Internacional de Dança de Porto Alegre

O evento é promovido pelo Ballet Vera Bublitz e as atividades se realizam de 7 a 15 de junho, no Theatro São Pedro

VER GALERIA

Os grandes representantes da dança mundial participam da segunda edição do FIDPOA – Festival Internacional de Dança de Porto Alegre, que será realizado de 7 a 15 de junho, no Theatro São Pedro. Nomes como Cynthia Harvey – a célebre partner de Mikhail Barishnikov, do American Ballet Theatre, de Nova York – estarão no evento para selecionar e premiar os melhores dançarinos do país e da América Latina.

Ao todo, 1,5 mil bailarinos do Brasil e do Exterior se inscreveram para participar do festival que abrange balé clássico, dança contemporânea e jazz e contempla as modalidades Mostra Competitiva e Experiência FIDPOA, para bailarinos de 10 a 25 anos, e FIDKIDS, para crianças com idades entre sete a nove anos. Eles serão avaliados por jurados de países como Estados Unidos, Alemanha, França, China e Uruguai, além de representantes das melhores instituições nacionais de dança.

Realizado pelo Ballet Vera Bublitz, o festival inverte a lógica de busca de oportunidades no Exterior.

– Não é preciso investir em uma viagem para outro país, a vitrine está aqui. Com o evento, os grandes nomes da dança mundial, de países como Estados Unidos, França, Itália, China e Uruguai, estarão em Porto Alegre para descobrir os talentos presentes no festival –destaca Carlla Bublitz, coordenadora-geral do FIDPOA.

Alguns desses convidados também ministrarão masterclasses, proporcionando uma experiência única para os participantes do festival, que se inscreverem nas atividades.

– Além disso, neste ano, pretendemos aumentar as oportunidades oferecidas. No ano passado, foram concedidos 87 prêmios e bolsas para escolas e grupos de dança do nacionais e internacionais – revela.

A abertura será um espetáculo de luxo, com duas sessões, nos dias 7 e 8 de junho, às 21h. A apresentação reúne três grandes escolas com tradição na arte da dança: o Ballet Vera Bublitiz, realizadora do festival, a Companhia Jovem Balletarrj, do Rio de Janeiro, e o Ballet do Teatro-Escola Basileu França, de Goiânia.

Com trabalhos que transitam do repertório clássico ao balé moderno e contemporâneo, os corpos de baile das três escolas trazem ao palco um espetáculo que une tradição e excelência da dança em suas diferentes linguagens.

O FIDPOA também vai promover a acessibilidade e a democratização do acesso à dança. Na abertura, no dia 7 de junho, haverá tradução para Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), e durante todo o festival e serão distribuídos convites para escolas da rede pública e instituições sociais que quiserem conferir as  presentações.

Vagas limitadas. Informações pelo e-mail daniela@fidpoa.com.

No dia 14 de junho, às 14h, a abertura da Mostra Competitiva contará com a participação especial do Grupo Andança, de Porto Alegre, que pesquisa e trabalha com dança inclusiva. A coreografia Mova Se, de Andrea Braga Beal, reúne 10 bailarinos, sendo cinco cadeirantes. O grupo já participou de diversos eventos e festivais, inclusive do FIDPOA, em 2018.

Os ingressos podem ser adquiridos online ou na bilheteria do teatro.

Diversos horários

Theatro São Pedro (Praça Mal. Deodoro, s/nº)

R$ 20 a R$ 120